terça-feira, 30 de junho de 2015

Family phobia

              Family phobia  

1.       À luz da razão, objetivamente  queria tratar hoje de um assunto que  tomou as manchetes do jornais, as redes sociais , as conversas de bar, os lares, repartições mundo a fora. Trata-se da recente aprovação por parte da suprema corte americana  do casamento gay para os seus 50 estados da federação.
2.       Aqui no Brasil,( aliás tão infenso à influencia gringa ) a “obergefelL vs. Hodges’ caiu como luva e coloriu as redes sociais com uma intensidade nunca vista. Afinal quem manda no mundo economicamente  é a América e ela pode se dar ao luxo de aprovar leis, emendar sua constituição, etc. etc. etc.
3.       Não acredito tanto mais nesta influencia da maior democracia do mundo pois a moda gay vai  passar e com ela conflitos emocionais, pois estas crises existenciais não fazem parte de sua identidade, e são reações passageiras e não permanentes.
4.       Sobre a América, Irlanda, Brazil e o mundo todo  sempre pairam e pairarão  as profecias maiores do Criador da vida: ‘ Crescei-vos e multiplicai-vos e povoai a terra.’ In fieri o Criador sabia o que dizia e o que valeu  no começo vale no meio durante o percurso da humanidade, hoje na era nióbica quântica,  até ao cair da ultima seiva na consumação dos séculos, isto não tenho  a menor duvida!
5.       Não cabe neste Manifesto pela família nenhuma discriminação aos gays, tão somente revelo na liberdade de expressão minha posição a respeito da atual perspectiva homossexual.
6.        O Cardeal Angelo Bagnasso em sua recente entrevista ao conceituado jornal La Republica disse: ‘ Acreditamos na família que nasce de uma união estável entre um homem e uma mulher, potencialmente aberta à vida, esta união que constitui um bem essencial para a sociedade, não é equiparável a outra forma de convivência.”
7.       Amplos estudos, baseados em pesquisas cientificas comprovam que o homossexualismo não é predeterminado biológica e geneticamente, deve-se antes a fatores ambientais, culturais, muitos deles originários na infância, pelo descaso ou defeito dos pais, outros fomentados na adolescência em consequência da atração pelas drogas, pelo álcool, etc.
8.       Em uma sociedade em que cultua o prazer como fim último, aberta às novidades da tecnologia, que descarta tudo, iria mesmo se encanar em algo diferente. Mas a importância da família tradicional  continua vital para a humanidade encontrar a felicidade pessoal e publica.
9.       E não venham argumentar que a opção homossexual originou-se em fatores hereditários, hormonais, hoje é consenso que não há relação causal entre o status hormonal de um adulto e a sua orientação sexual.
10.   A meu ver a celeuma toda hoje é mais influenciada pelos apelos culturais, é moda ser  diferente, é contestar o sistema, mas ainda acho que a presença e a graça de Deus, imperceptíveis na aparência mas real e efetiva na terra dos homens fará a diferença esclarecedora, e sem dogmatizar vejo que o mundo vai  voltar numa boa para a relação heterossexual e compreender que a ordem natural do Criador é geradora de sabedoria, luz e rumos de vida eterna.
11.   A politização em torno do assunto vai passar, nós os católicos temos o direito e o dever moral de esclarecer que a visão gay é incompatível com a fé da Igreja, e que o casamento entre um homem e uma mulher promove  o bem estar na sociedade.
12.   Porque a Igreja se bate tanto por esta verdade e não menospreza os gays? De modo nenhum podemos ter intolerância com os irmãos, mas também temos que expor em consciência nossa posição e viver em consonância com o evangelho.
13.   “... O homem e a mulher são iguais enquanto pessoas e complementares enquanto homem e mulher. A sexualidade faz parte da esfera biológica e, por outro é elevada na criatura humana a um novo nível, o pessoal, onde o corpo e espirito se unem.’ ( Joseph Card. Ratzinger).
14.   Desta forma o mundo cresceu e se multiplicou geração após geração, conheceu gregos e fenícios lá no inicio de sua jornada, viu o império romano, a África do gênio de Cartago, a dinastia Carolíngia, Tomás de Aquino e sua filosofia da matéria e forma complexas, Heinstein e o poder do átomo, assistiu a expansão do Eldorado Americano, as guerras de secessão, e viu as crises existências de nossa era altamente tecnológica.
15.   E os conflitos emocionais dos jovens negando a essência de sua identidade, e neste maremoto de coisas acontecendo na velocidade do bytes soberanos, o mundo se defronta com a causa dos gays e sua união acaba de ser  equiparada ao casamento tradicional na América.
16.   Os que defendem-na com unhas e dentes, querem-na universal, os que pugnam pela família afirmam-na natural e de acordo com a ordem estabelecida pelo criador nos primórdios do gênesis.
17.   Todos eles em ultima análise dependeram da última alternativa para estarem na terra e proferirem sua opiniões e maneiras de ser. Uma atitude neutra não existe, o que importa é as partes se respeitarem.
18.   A Igreja  ciosa de sua orientação benéfica ensina aos seus filhos resgatados pelo sangue do Cordeiro, aquele que o Batista disse vir tirar os pecados do mundo o seguinte:  ‘ – o prazer sexual deve ser fluído dentro do casamento entre um homem e uma mulher. Há uma quantidade enorme de pesquisas que comprovam o valor de limitar os atos sexuais ao matrimonio. O casamento promove o bem estar dos indivíduos, principalmente das mulheres e crianças e da sociedade.’
19.   “ A própria inserção do matrimônio – como comunidade procriativa e educativa – num contexto social publico e comunitário mais amplo confere-lhe uma dignidade moral toda especial que ultrapassa a esfera privada’. ( Charles Lamore)
20.    Nenhum poder legislativo, judiciário poderá negar em  sã consciência e à luz da história antiga, moderna e pós do pós moderna poderá revogar a função social imprescindível da família enquanto geradora da vida.
21.    Seria o esboroamento geral da fuselagem humana e a negação da negação da obra do Criador. Seria o ‘debilitamento da instituição do matrimônio, acusando o seu status privilegiado de ser uma discriminação para com os que optam por viver segundo uma orientação sexual diversa, Pois dezenove não é vinte!
22. As argumentações pró e contra acerca deste assunto de candente importância vão se estender sine data e não me admiraria se esta decisão fosse revogada, pois é notória e pública que o ' casamento surgiu na natureza das coisas para atender a uma necessidade vital: assegurar que as crianças são concebidas por uma mãe e um pai empenhados em elevar-los em condições estáveis de um relacionamento ao longo da vida.'( Ryan T. Anderson - in simposium).
23. E continua: "...quando as mudanças politicas fundamentais são feitas por decisões judiciais que não tem base na Constituição, serão mais difíceis de aceitar as mudanças, pois põe em dúvida a própria mudança." ( idem).

24. O Brasil, não há como olvidar sua situação hoje de ceticismo, sua politica de desação, sua precificação espantosa, e por mais otimismo que se tenha constata-se que o esboroamento geral de sua fuselagem no que tange as aspectos morais, cívicos, econômicos é fato quase consumado. E em pensar que esta imensa nação nasceu sob as sombras benéficas da cruz de Cristo, que neste chão povoaram santos do quilate de São José de Anchieta e Frei Galvão e tantos outros... e que seu esforço não fora em vão!
25. E uma intervenção da Providência se faz mister, de uma necessidade primordial, se faz tarde em seu horizonte de anil, e nuvens carregadas anunciam a borrasca iminente, e os brasileiros carecem de quase tudo, fé, pão e esperanças para um dia retomar sua grandeza pátria e recomeçar de novo um movimento para equilibrar a alma e o corpo e realizar os desígnios a que fora eleita in fieri  a Terra de Santa Cruz.
26. Não há como negar a vocação deste pais continente, a beleza de suas praias, rios, a opulência de sua fauna e flora e o coração rico em sentimentos elevados de cada brasileiros, sua hospitalidade e tudo o mais...
27. Embora influenciado por modismos e mais modismos, ele ainda poderá se sustentar se abrir sua vida para a bondade e misericórdia do Cordeiro e para as bençãos da Virgem Negra de Aparecida, e nesta união poderá repetir de verdade somos todos um! Não proferira o Mestre Divino às margens do Mar de Tiberíades palavras de significado mais que atual: ' Vim para que tenham vida e vida em abundância.' 

28. Gente sensata aprendi na observação o que o teólogo Pe. Garrigou Lagrange definiu em suas exposições dogmáticas: '... a Igreja é intransigente nos princípios porque crê; tolerante na prática porque ama. Os inimigos dela são tolerantes nos princípios porque não creem, intolerantes na prática porque não amam.' 

29. Não fui eu quem criou tudo que existe no âmbito material e espiritual, não sou eu que vai arriscar mudar a trajetória dos astros, a ordem estabelecida in fieri do fieri ( no começo do começo) mas acato as palavras do Mestre às margens do mar tumultuoso de Tiberíades: 'Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. Aí sim seria a vida perfeita, e a bastança geral para todos!

Helder Tadeu Chaia Alvim

segunda-feira, 22 de junho de 2015

nuvens espessas sob a terra dos homens

nuvens espessas sob a terra dos homens

1.      Indecisões ,  ímpetos sem noção, quase total devastação dos recursos naturais, crises existenciais na terra dos homens, é  o que se nota na conjuntura de um tempo sinóptico, perpassado de nuvens espessas, nevoas  de chumbo, e muitos se perguntam: é o fim de uma era neutrina quântica?

2.   Por mais que certo otimismo povoe as mentes, por mais que se acalente bons ventos, os vergalhões da insensatez açoitam a humanidade, falta um tão pouco de alma, e tão tudo de atitudes coletivas que realmente o nocaute à moda do esporte UFC sinaliza um vale tudo absurdo e sem controle.

3.       Muitos estudam nos bancos universitários, se tornam Phds, e simplesmente esquecem as lições de seus professores e  deixam se engalfiar  em ações duvidosas, em vez de polir o diamante de seu conhecimento em prol do bem comum maior, minoram seus anseios implícitos de lealdade, honra, e lhaneza  do mundo bom e capciosos se ajuntam a gente de carácter duvidoso na politica e ferem o direito constitucional como mudam seus trajes de festa.

4.       Infestam as repartições, corrompem as empresas e roubam do próximo ou distante o direito de se afirmar, progredir e construir para si a coletividade, o estado de direito democrático e de grandeza pátria, impedem a verdadeira construção de  um país bom para o presente, conservador  no passado e de futuro auspicioso.

5.       Então eles mesmos descem a cortina, apagam as luzes de esperança para depois acordar suas delações, e nas guilhotinas dos plenários tomam tempo e recursos, se digladiam a mais não poder, e se possível fora tomariam um foguete para fora do sistema solar, ah ah !

6.       É a dura e triste realidade brasileira, um estado federativo de dimensões continentais, de povo ordeiro, de gente sensata, mas de politica pífia e tendenciosa, malandra e corrupta. Que envergonha a bandeira, a constituição, a auto determinação de seu povo, e no descontrole geral parece almejar que venha logo a escatologia.

7.       Se as palavras são duras, não se avexe pois ao andar pelas nuas ruas das capitais e outras cidades verá a realidade, se percorrer os leitos de hospitais públicos vai pasmar, se ver os holerites dos professores e policiais vai chorar, se assistir um jogo de seu time não saberá quanta grana envolvida por um segundo de chute na bola.

8.       Tempos difíceis que mais se parecem ante  diluviano, ou da época do servo Jó:  ... que do meio da tempestade ouviu a voz do Senhor: ‘... Quem fechou o mar com portas quando ele jorrou com ímpeto do seio materno?

9.       ... Quando eu lhe dava nuvens por vestes, e névoas espessas por faixas, quando marquei seus limites e coloquei portas e trancas? Até aqui chegarás, e não além, aqui cessa a arrogância de suas ondas.’

10.   Ele o santo Jó, encontrou o caminho, e que caminho diferente dos de sua cidade, de postergado  a justo, herói de seus sentimentos e amado do Senhor. Nunca serviu  ao ‘capcha code ‘ e se envolveu com o lado forte e bom da vida que é a presença  e o temor de Deus. E ele de uns momentos tensos passou para a bonança geral, reconstruiu seu sonho, sua família e na fé plasmou sua vida e de toda a sua linhagem.

11.   Também mais tarde Saulo no caminho de Damasco vai ver esta luz ofuscante e vai ressurgir qual leão de  Judá em busca do mundo novo em contraposição direta e firme contra os desmandos de sua época conceitual.

12.   O ser humano pela sua própria razão de existir vive em uma condição frágil, fugaz e parece não saber seu destino certo. E quando enleado pelo anjo decaído, e entregue às suas paixões descontroladas faz desta vida um inferno literalmente, semeia ódios, destruições, mal querenças, intrigas, misérias materiais e morais, e será capaz de destruir o planeta em nome de pseudas ambições imperialistas de mando e poder ilimitados.

13.   Existe uma  outra face perene do mistério, ambientalizada num dia de sol no mar de Tiberíades quando o mestre na barca de Simão Bhar Jonas dormia um sono solto e salutar, e eis que aflitos seus amigos a ele recorreram estupefatos diante da rebordosa de ondas gigantes e ventos furiosos, e Jesus levantando calmamente ordenou a força incontrolada da natureza que cessasse sua ação embravecida e serenou o mar...

14.   Nossa era de tantos avanços da nióbica quântica, que enriqueceu os neutrinos, apequenou a alma da humanidade, trêfega caminha por um atalho perigoso, e nem sequer sabe em sua sabedoria pífia onde quer chegar, descarta sentimentos, trai inconsequente, consome sem cessar produtos tecnológicos, endoniza o amor, esquece-se propositalmente do saltério de dez cordas, cativa a luxuria, e tudo de ruim parece andar com ela de braços dados.

15.   Sob a cabeça dela pairam nuvens diluvianas capazes de reduzir seu pequeno sonho num fiapo de mulambo repugnante a posteridade. E quando alguém percorrer do que sobrar vai perguntar que povo habitou a terra?

16.   Ou ela, nós, você e eu abrimos nossas mentes para as profecias num grande e fraterno abraço universal ou vamos chorar, se lágrimas restarem em camas de prego de nossa própria insensatez e o desprezo hoje ao bem, belo e pulcrho será amanhã computado contra a raça humana que um dia habitou a terra dos homens, e se esqueceu do outro mundo onde habitam a vida arcana e as profecias empíricas, guardiãs do mundo bom e da perene  poesia divina.

17. O Mestre tentou ajuntar seus filhos um dia em Jerusalém, tinha um proposito espetacular para sua raça, seu povo de eleição, ele mesmo judeu de nascimento, da linhagem do rei David, viu a cidade e chorou... lágrimas de sangue, lágrimas de aviso antecipado e eles ao que parece não ouviram a voz da canção etérea, pois mais tarde viera sua destruição e diáspora interminável...

18. '... Se tivessem conhecido o dom de Deus! ' Também agora o momento é símile, e sem me apregoar de conselheiro, e na condição módica de quase poeta escrevo este tópico sem maiores pretensões. A hora arcana se aproxima e tal como a cidade deicida 'não ficará pedra sob pedra'. Das ruínas do império dos altivos Césares surgiu a civilização cristã.

19. Das ruínas do mundo hodierno surgirá uma outra era desta vez empírica, gradual e anímica e por isso que tudo está desencontrado e fora de jeito, a natureza embravecida, a terra ressequida, gente manuseando lixo, politico com febre de poder, povo sem fé, alheio a verdade do evangelho, querendo construir por aqui uma paraíso de delicias proibidas.

20. Ébrios de prazer, com a maquiagem ainda borrada da noite anterior na orgia do consumo, nem mais conhece sua face no espelho, nem mais se parece com o enfatuado ser que queria as estrelas e hoje sequer almeja uma nesga de luz.

Helder Tadeu Chaia Alvim






sexta-feira, 19 de junho de 2015

quando não se ouve o eco... do Eco.

quando não se ouve o eco do Eco...

1. Depois que surgiu a era on line muita coisa mudou, dizem que foi para melhor, acho também pois se não fora a tecnologia não estaria prosando contigo do outro lado do muro, e mesmo contíguo ao prédio onde moro, na cidade, campo, plataforma, ártico, pórtico, saguão, chão, ar e mar. O rimar ficou mais fácil e instantaneamente atingi-se, relata, posta de um quase tudo. 

2. As distâncias encurtaram absurdamente, as saudades aumentaram, a amizade cresceu, e esta nova forma de se expressar ganhou corpo e alma dos países e entrelaçou continentes, e nada escapa ao olho Web. Na verdade democratizou os meios de comunicação e ficou mais difícil para muita gente pescar lambaris em águas turvas, ah ah ah ! ! !

3. Conheço gente que encontrou seu amor na internet, há outras pessoas que se iludiram com as caras fotoshopeadas, mas no cômputo geral o balanço, a meu ver é positivo. Tem gente que critica acerbamente este novo fazer de existência. Opinião é opinião, o que importa é a tolerância com o pensamento alheio, senão corre-se o risco de se tornar um Nero colocando fogo nas arenas da Roma pós moderna.

4. Ora pois, pois, meu caro Eco, vejo com bons olhos esta imensa movimentação, a que de um decênio para cá  estamos todos enchafurdados até o pescoço da alma. O pensamento on line ganhou fôrça, abriu uma janela imprescindível à comunicação, arejou muitas cabeças pensantes e diluiu o poder de presença para os quatro cantos do mundo. 

5. O surgimento das redes sociais, acho,  foi o que de melhor surgiu no contemporâneo panorama, pois ao parnaso de muitos escritores consagrados, deu lugar e eco a um sangue novo, e aquela espécie de monopólio cultural não deu mais pé para muitas mentes raras da literatura e também a outros campos do saber.

6. Até o cotovelo de muitos consagrados deve ter coçado ao ver fugir de suas mãos a plateia, e a ovação cessou nos bastidores  e palco de espaços até então globais. É assim mesmo, a hegemonia é uma dama adoidada, é como as nuvens do céu que mudam a cada instante. Isso é bom, muito bom, pois a cada paço traz à humildade à terra dos homens.

7. Assim sendo o jeito é continuar a fazer o que sempre fiz, bebericar um bom vinho chileno nas mesas augustanas  de bar, prosear com os poetas do guardanapos, bloggar à vontade, interagir com gente simples, igual a mim, rir um riso solto com os intuitivos 'imbecis' no dizer não feliz de Humberto Eco. Cabendo a nós mortais os anseios de mundo bom, ah ah ah ! 1  2 3 !

Helder Tadeu Chaia Alvim

quinta-feira, 18 de junho de 2015

os cacos de vidro do progresso e o porvir anímico

cacos de vidro do progresso e o porvir anímico

1. " O nosso auxílio está no nome do Senhor que fez os céus e a terra." . Canta forte em sua antífona o salmista, canta inspirado as maravilhas e os mistérios da criação, os átomos, neutrinos  em sua forma intrínseca de renovação, os astros e sua simetria perfeita no universo visível, e a cada dia surgem mais exoplanetas. em uma dança quase infinita de cores, sons, rotações e translações.

2. E o protagonista homem onde andará? No momento que anoto este trópico certamente ele estará invariavelmente em sua ' vã filosofia', engendrando guerras e mais guerras, de 'secessão moderna', suas mãos estarão manuseando nos pseudos laboratórios os nióbios quânticos, estará acumulando crises existenciais para si e o planeta.

3. Estará acumulando ouro e prata, que sequer são seus, estará insaciável almejando o poder sem limites, estará conspurcando a honra e dever, estará seduzindo outrem, estará no consumo voraz de bens perecíveis, ou locupletando o planeta de quinquilharias eletrônicas, garrafas de pets espalhadas nas orlas marítimas, arranha céus de uma verticalidade duvidosa.

4. Nas passarelas fashions respirando glamour, na tela mágica manuseando a informação, nos plenários legislando em causa própria. Construindo um parnaso falso, afirmando-se progressista, e sufocando os legítimos anseios das ruas soberanas de bem comum maior inerente a mais de 200 milhões de brasileiros.

5. Isto tudo passando no nosso chão doméstico, quiçá em outros lugares, duvido  se não estiver tramando a conspiração das rãs nos calabouços de loucas progressões. Estará ausentando de sua vida o saltério de dez cordas, estará arranhando com cacos de vidros torpes a paz universal.

6. A par disso tudo, a épica trajetória dos primórdios continua e continua latente na mente de Deus. Os ciclos da história vão se fechando século após século, ora nas antípodas do que deveria ser, ora em sintonia admirável com a essência do Ato Puro, É assim, assim será, e afortunado será quem tiver os olhares da alma abertos, bem abertos para esta doce, suave e intrigada realidade transcendental do Ser.

7. E bastará só um empurrãozinho de 70 asas arcanas e tudo retornará  ao eixo anímico e o mundo voltará a respirar o ar aprazível da presença diáfana do bem querer e da abastança geral. Surgirão novos céus e novas terras no dizer do poeta decano, e o Sol da Justiça brilhará nos quatro cantos do universo, e a Rosa Mistica de eleição embalará os sonhos de uma noite de pureza imaculada.

8. E aqueles cacos de vidro se transmutarão em vitrais de uma visão perene, e a natureza respirará aliviada e dará frutos opimos de regeneração, e aquele desalmado homem será doravante guardião fiel e vigilante do planeta intitulado: 'Terra dos Homens.'

São Paulo, dia dezoito do mês junho do ano arcano de dois mil e quinze. 
Helder Chaia Alvim - poeta minimalista

quarta-feira, 17 de junho de 2015

lágrimas ao amanhecer

WASHINGTON DC, 16 Dez. 14 / 01:52 am (ACI/EWTN Noticias).- 35 anos entrou em vigor a política do filho único na China, que obriga as famílias a terem apenas um filho, e aquelas que têm mais de um são punidas com multas severas.
Neste tempo, 400 milhões de crianças morreram por abortos forçados como parte deste programa comunista.

Em um artigo recente, Steven Mosher, presidente do Population Research Institute (PRI), recordou que as primeiras crianças vítimas da política abortista do filho único na China “teriam hoje 35 anos de idade”.
Mosher foi um dos primeiros que denunciaram os abusos deste programa a nível mundial.

No seu artigo, intitulado “Isso é pelas crianças perdidas da China”, Steven Mosher pediu orações “por eles e por suas mães, muitas das quais foram levadas aos centros de saúde do Estado à força ou com ameaças, para fazer os abortos que nunca quiseram e que agora lamentam profundamente”.

Imagina que todos os homens, mulheres e crianças nos Estados Unidos desaparecessem.
 Mesmo assim não chegariam nem perto aos 400 milhões de nascituros assassinados desde que o governo chinês começou a aplicar a política do filho único há 35 anos”, adicionou.

Mosher agradeceu aos colaboradores do PRI por suas contribuições, que permitiram a organização pró-vida descobrir “a verdade a respeito das esterilizações e dos abortos forçados, do infanticídio de meninas e dos abortos seletivos por sexo”.

“Espero que algum dia possamos dizer que o nosso trabalho conjunto sobre este assunto está terminado”, expressou, mas advertiu que atualmente “a política do filho único na China continua vigente matando nascituros”.

Dez milhões de mulheres chinesas continuarão sendo submetidas à força ao aborto e à esterilização todos os anos”, denunciou.

Mosher lamentou que “mesmo que a fecundidade das mulheres continue reduzindo-se perigosamente em dezenas de países em todo mundo, o mito da superpopulação subsiste nas mentes e nas decisões concretas.
As políticas públicas que denigrem e acabam com a vida humana estão aumentando”.

“Nunca poderemos trazer de volta as crianças que perdemos. Mas podemos e devemos continuar trabalhando para salvar as crianças cujas vidas estão por um fio enquanto a política do filho único na China continue vigente”, assegurou.
Fonte: www.acidigital - 16.12.2014








terça-feira, 16 de junho de 2015

sonho perene

'sed libera nos a malo'
a. Ah mundo bom das certezas empiricas porque tardas tanto? Em meio ao turbilhão de notícias tristes que pairam sobre o planeta terra, volvamos os nossos olhares para 'as coisas invisíveis e não para as coisas visíveis', pois o que visível é passageiro, tênue, e de uma fugacidade frágil, que um mero vento abala, mas o que é ' invisível é eterno' canta com maestria o apóstolo dos gentios, e o som de sua voz é  real, de uma realidade transcendental e poética, de um gosto perene e salutar.

b. E voltando à realidade pardacenta de hoje, e não isenta de tantas preocupações existenciais, percebe-se num simples relance que a hora arcana está para surgir, anímica e grandiosa, de uma beleza singela e que vai arrastar após si todos os corações de boa vontade, abertos ao panorama substancial da alma. 

c. E as enseadas frias do mundo hodierno não serão mais as mesmas, pois virá na curva da história contemporânea a Rosa Mistica de eleição, e seus anjos guardiães retocarão ao pedido de seu Divino Filho, os contornos de todas as nações  de um brilho totalmente novo; será da cor da verdade, da justiça sem jaça, da paz sem arranhaduras, do calor humano, que tal, hein!

d. Realidade vindoura ou ficção de um quase poeta, após ingerir um trago da pinga do alambique à beira praia Mará,  mais bela de todas? Fica a seu critério discernir a questão enunciada na humildade desta versão on line, fica a seu gosto interagir comigo e juntos sonhar acordados um sonho factível, como foi factível in fiere a criação da vida no planeta em que habitamos. Como foi possível acontecer a dança do espaço sideral, como foi possível existirmos, pensarmos e agirmos no livre e solto arbítrio.

e. Mesmo que para tanto mister se faça no conselho do altíssimo ' limpar a eira e recolher o trigo no celeiro', a palha, ora a palha terá seu destino queimado no fogo inextinguível... e o sentido único do Amor Total renascerá em todos os corações. Com nós ou sem nóis acontecerá a previsão exata dos livros santos. De que lado vamos estar  será a questão primordial, pois o mundo bom não aceitará meias verdades e o raio luminosos  da história trará consequências a uns benéficas a outros a danação eterna.

f. Amigos que me escutam atentos, existe na mente de Deus os desígnios de bondade e harmonia para esta terra dos homens, que ele criou à sua imagem e semelhança, pois não! Existe a unidade verdadeira e universal da Igreja de Cristo, aquele que redimiu a humanidade há exatos dois mil anos atrás.

g. Estamos  a um passo da Era Nova, um tempo que brilhará com o Sol de Justiça e na trilha suave do Cordeiro, daquele que o precursor Batista disse ás margens do lendário rio Jordão que viria tirar os pecados do mundo.

H. Quer queiram ou não os céticos, existe o mistério a ser revelado quando da 2ª vinda de Jesus Cristo, mistério este já anunciado na oração do Pater Noster, na bela e poética invocação que aprendemos em prece no colo de nossa mãe: ' Padre Nosso que estás nos céus, santificado seja o seu nome, venha a nós  o seu reino e seja feita a sua vontade assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia nos dê hoje,Senhor,  perdoa as nossas dívidas assim como nós perdoamos os nossos devedores e não nos deixa cair em tentação. Sed libera nos a malo, amém!'

Helder Tadeu Chaia Alvim

segunda-feira, 15 de junho de 2015

o terceiro profeta

 O terceiro profeta
1. Corria o ano de 597 A.C,  o  jovem  Ezequiel  se preparava  naquela manhã de primavera para ministrar seu oficio no templo de Jerusalém quando uma orla de soldados babilônios se achegou ao templo com a ordem expressa do general Nabucodonosor para conduzir o rei Joaquim, Ezequiel, sua família, amigos para o exílio.Foram levados mais de  10.000 deles, em sua maioria jovens. Daniel seguira anteriormente para lá.
2. As noticias não eram nada boas para os hebreus, a escravidão em voga cerceava em si a liberdade e  a vida do povo eleito, uma diáspora obrigatória que desumana feria a história de luz daquele povo missionado para ser o berço de Jesus Cristo.
3. Tudo contribuía para uma enorme depressão coletiva, pois em lá chegando a comitiva encontrou um outro povo,religião, costumes e uma circunscrição geográfica totalmente diferente de Sidon, Tiro, Cafarnaum, uma culinária ogre, um povo no mínimo estranho cultuando deuses mais estranhos ainda.
4. No entanto Ezequiel, não se deixou abater pela hora adversa, reuniu a assembleia e continuou e continuou incansavelmente seu discurso de tonalidades ora misteriosa, ora de vindima, ora de esperança. Viu em suas visões Jerusalém ser destruída, a total escravidão dos seus irmãos judeus.
5. Mas não fugiu de sua missão, foi ele que sustentou na profecia  'um novo coração e um novo espírito’ . De um lado o mundo caia em trevas tenebrosas, de outro ele via que a situação social iria mudar...
6. E cantou forte seu canto de esperança salvífica: ‘ – Assim diz o senhor Deus, eu mesmo tirarei um galho da copa do cedro, do mais alto de seus ramos arrancarei um broto e plantarei sobre um monte alto e elevado.’
7. ‘... Vou plantá-lo sobre o alto monte de Israel. Ele produzirá folhagens, dará frutos e se tornará um cedro majestoso. Debaixo dele pousarão todos os pássaros, à sombra de sua ramagem as aves farão ninhos, e todas as árvores do campo saberão que eu sou o Senhor.’
8.’... Que abaixo a árvore alta e elevo a árvore baixa; faço secar a árvore verde e brotar a árvore seca. Eu, o Senhor, digo e faço!’
9. E Ezequiel profetizou às margens do lendário rio Quebar. Ele possuía um carácter literato e culto, era um historiador de sua época, afeito a construção naval, que mesmo o pesado jugo da escravidão babilônia não conseguira vergar o espirito do terceiro profeta.
10. Então, ‘ o filho do homem’, continuara e continuara sua preleção, acolhendo os milhares de hebreus, entre eles o Rei Joaquim também deportado naquele  tempo instável  em que o poder passava de mãos em mãos. Assírios, egípcios, babilônios, todos eles se revezavam por assim dizer para humilhar um dos povos mais ancestrais da historia humana.
11. Mas da raiz de Jessé viria o salvador, a esperança de Cristo, descendente do rei David povoava a mente e o coração do profeta. Surgiria sim na curva do destino o novo David, justo, solidário para apascentar o rebanho, buscar a ovelha desgarrada, seria no dizer brilhante de Ezequiel um novo tempo, um novo tudo!

Helder Tadeu Chaia Alvim




segunda-feira, 8 de junho de 2015

goal of interest

goal of intertest

1.      Quem diria o futebol mundial investigado pelo temível FBI, e seus figurões detidos em Zurique. Tudo indica que a moralização do esporte deu-se inicio em grande estilo e não ficará ‘ bola sob bola’.

2.   Há décadas  que a precificação açabarca esta instituição, somas exorbitantes servem aos intuitos particulares de alguns de seus dirigentes, fins escusos  de um  esquema ‘ desenfreado, sistêmico e de raízes profundas no EUA e no exterior’, afirmou recentemente a secretária de justiça americana  Loretta Lynch.

3.  Há muito que o futebol deixou de servir ao anseio coletivo de mundo bom com oportunidades iguais para todos, salvaguardando o talento individual de cada atleta para transformar-se numa espécie de  farra da bola, que já era hora de surgir gente sensata, órgãos competentes para fazer cessar de vez estas incongruências malditas.

4.  A panela da Fifa começa a esquentar não para servir um bom manjar aos torcedores que locupletam os estádios mundo a fora para sentir a emoção de ver sua seleção  campeã; mas que tristeza geral, o calor gélido  é outro e começa a percorrer a espinha dorsal de uma respeitável organização global, ah ah ah ! ! !

5.    E o caldo vai entornar queimando as bordas do apetitoso guizado de uma minoria que se apossou do esporte para enriquecimentos ilícitos sem precedentes, e enxovalhou o futebol arte.

6.     E a torcida começa a ensaiar  um grito preso em seu peito, a avalanche do bem começa a se esboçar para valer, os negócios escusos começam a aparecer aqui e acolá, fatos evidências e provas coletados minuciosamente vão derramar nas praias ‘marinenses da caterva ’ um turbilhão de ondas.

7.       Ondas essas que irão varrer de vez a corrupção na maior organização esportiva  mundial chamada Fifa. Aliás o futebol, patrimônio esportivo da humanidade, caracteriza-se pelo esforço coletivo visando o resultado do gol, e não para proporcionar a uns poucos privilegiados de mando e poder auferir resultados esquivos.

8.       É hora gente sensata de desmitificar estes dirigentes inescrupulosos e varrer dos campos esta erva daninha  que se instaurou no futebol mundial. Neste momento  delicado e conturbado de  desagregação social, esta noticia boa vem a calhar.

9.   Chegará um tempo em que os Goals terão sabor de verdade, uma emoção cristalina os envolverá  e surgirão  variações espantosas de talento em campo, para o bem das torcidas e a chegada de um novo tempo universal de calor humano, justiça, paz, e fé na humanidade.

10. Uma pergunta paira airosa no ar? Será que esta celeuma toda vai respingar na CBF, uma vez que aqui em terras brasileiras acabou de acontecer a Word Coup  2014, quando estádios bilionários foram construídos? E a população brasileira jaz no maior descaso no que tange à sua saúde, educação e segurança?  O povo das ruas soberanas já já vai querer saber de toda a verdade também! 

Helder Tadeu Chaia Alvim

São Paulo 08 de Junho de 2015