terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

a grande panela de sopa de algodão na politica brasilieira

a grande panela de algodão na politica brasileira

1. Meu povo querido, vamos pensar um pouco, esfriar a cuca, pois as redes sociais se parecem mais com a pós moderna Canudos sitiada, brasileiro x brasileiro, enquanto a classe política  começa acordar suas alianças para o próximo pleito, é mole marreco,! O mundo da política é um universo a parte,não percebem que nem estão aí para você e seus conceitos de brasilidade? Esses e essas, salvo é claro honrosas exceções vão continuar vendendo o templo sagrado da República Federativa, tirando direitos, impondo mas impostos, etc. É o jogo do poder pelo poder! Não estão nem aí para o Bem Comum, o Senso crítico, se estiver errado pode me corrigir que retrato está fala !!! Ok 


2, Já tenho meu candidato # 000, esse é bom!  Cansei de tanta mentira e lorota, a politica neste formato quebrou na emenda, e a preocupação maior parece QUERER safar-se do inexorável MP. Não sei onde encontram tanto dinheiro para pagar os advogados? Alguém sabe me dizer? 


3. A politica só vai dar resultados perenes quando parar de legislar em causa própria e começar a olhar de fato para o verdadeiro detentor da Nação: o povo. Se não não é na sua essência pura a Democracia. Aliás na America ( USA) o governo só precisa de 5.000 funcionários diretos para gerir SEUS DESTINOS, E AQUI NO BRAZIL A GENTE PERDE A CONTA DE TANTOS CARGOS E PRIVILÉGIOS!!!


4. E ainda vem com uma conversa de reformar a Previdência, o bom exemplo começa de casa, que tal em Brasilia haver mais desapegos de salários? O Povo não aguenta mais tamanha desfaçatez! Moleza e tomar sopa de algodão!!!!!

5. Os concorrentes ao alto cargo de detentor dos destinos da nação Brasil, não me convenceram nadica de nada e à arguta opinião publica muito menos ainda. Sou poeta da rua, e o que digo ausculto cuidadosamente dela, coisa que o politico não faz, ele só lembra que existe eleitor durante a propaganda e vem com esta conversa para boi dormir, tenha paciência.

6. O povo cansou deles, e demonstra isso nas redes sociais, nas conversas de bar, nas repartições, colégios, quarteis, comércios, industrias, praças, cidade  e sertão. Será que não perceberam ainda, meu Deus! 

7. O que o povo almeja é um politica de fala direta e prática, o povo quer ver progresso e sustentação para nossa quase esquálida pátria dos amores sãos, hoje esmaecida pelas ações dos larápios de plantão.

8. O povo quer um governo sério e honesto para gerir o Brasil continente, o povo quer um custo de vida estável, uma escola modelo, uma cidade limpa e segura, uma saúde robusta, um transporte de qualidade, enfim a mesa da brasilidade quer fatura para todos!!!

9. Quem se apresentar para ele com esta determinação sincera, com este olhar de Bem Comum, com o andar consoante com a constituição Federativa vai ganhar seu apoio. E em lá chegando vai ter que honrar sua palavra empenhada.

10. Recursos financeiros o país chamado Brasil tem, criatividade e disposição seus filhos possuem, clima, extensão e possibilidades rodeia a nação. O ´problema' está na representatividade pífia desses e dessas. Parecem amadores na função, e sôfregos de poder, e com raríssimas exceções, o material humano que tem desfilado pra nóis durante estes 2 ultimo decênios não foi dos melhores. E a cada dia que amanhece tem policia capacitada e altamente cívica, atrás deles, ser´porque? 

11. Foi muito recurso público desviado, muita canetada em proveito próprio... e hoje quando comemoramos jubilosos e apreensivos a data dos Pais, lembramo-nos com emoção de homens que estiveram a altura da grandeza pátria do Brasil.

12.E de suas tumbas memoráveis Pedro II e Sir Dr. Ruy Barbosa e uma legião de verdadeiros brasileiros parecem querer se alevantar em riste para fustigar tantos políticos que fizeram de seu mandato um covil de proezas maléficas e nada consoante com seu juramento de propulsores da lei e da ordem constitucionais.

13. E assim termina a lamentação pós moderna brasileira, e a mecha da brasilidade que ainda fumega nos corações de + de 207 milhões de brasileiros há de encontrar um meio para atingir as ordenações corretas quando o Brasil será um só,  povo e politica irmanados em torno da bandeira nacional, então somente então haverá a paz nos campos e cidades, a harmonia na fala e atitudes, e a fartura na mesa e no bolso de todos sem estes lamentáveis discurso tortos em voga!

Chaia Alvim Helder 

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Brasil, misto de fabulas e realidade sob o signo do Cruzeiro do Sul

fábulas, realidades e o bem querer sob o signo do cruzeiro do sul

1. Incongruências na Res Pública Bar Zileira, e a fábula parte semi final continua, mais absurda ainda! O Brasil da política ( um universo a parte) não tem nem direita, nem esquerda, nem centro, opinião mínima minha, e posso me expressar eh eh eh! Esses é essas que se aventuraram nela, com honrosas exceções continuo achando que não se dariam bem na iniciativa privada, e que aqui precisa se  trabalhar sério, não tem enrolação, e o ego centrismo não tem vez! 

2.E a arte equivocada do poder conseguiu um feito absurdo que foi afastar de suas fileiras gente capaz e comprometida deveras com o Bem Comum Maior, patrimônio constitucional de qualquer país que se preze! Deu no que deu! Sôfregos de poder,  foram com muita sede no pote do erário público e ele quebrou. Restou ao povo recolher os cacos para tentar restaurar a nação inteira! Só não está pior a situação porque a característica principal do Brasil e saber diluir sua crise doméstica fiscal em seu território, aí o baque torna se menor! Estamos todos então dançando uma dança de salão, valsa em ritmo de baião. será o último baile da República?

3. A gente anda por aí, viaja um pouco por esta imensidão continental, conversa com o povo na rua, bares, esquinas, escolas. repartições, enfim por toda a parte gente sensata, conversa amena ( um tanto alterada pelas redes sociais) e você encontra o perfil lhano, hospitaleiro, inteligente o mesmo sentir da brasilidade pulsa em todos os corações.

4. E aprende nesta imensa escola viva que todos tem em comum o amor incondicional pela pátria amada, e a aversão sistemática e consciente contra justamente quem deveria ser merecedora do respeito e elogios: a classe politica, guindada ao poder justamente pelo voto soberano.

5. Vemos um povo pacato e intuitivo, criativo e que traz o bom humor na flor da pele ( hoje com viés de contestação). Quem sabe no próximo pleito que se avizinha finalmente ele, o legitimo detentor do sentir cívico, verá parlamentares que se tornem o espelho de seus anseios pátrio.

6. E vamos que vamos # partiu Brasil a fora, com um olho na politica e seu desenrolar investigativo e outro nas ruas, vielas, cidades e campo deste grande pais de contrastes de arrepiar, mas também de possibilidades = sustentáveis arrebatadoras num futuro próximo.Dependerá unica e exclusivamente da vontade do eleitor (a) que somados atingem a cifra fabulosa de + de 140 milhões de votos unidos pelo bem querer do Brasil.

7. E a constelação Cruzeiro do Sul continua lá, brilhando e brilhando, olhando de soslaio o movimento do povo brasileiro, destrinchando as artimanhas de uma politica que potencialmente teria tudo para ser de inteira sintonia com as leis constitucionais, que pugnasse pelo bem comum, que tivesse em sua fala um timbre sincero, no seu andar a despreocupação exata da consciência tranquila, e na sua pele um senso critico criativo e propulsor da democracia.

8. Acho que ela almeja um outro cenário mais otimista e sustentável, mais progresso, mais saúde, segurança e educação ou seja uma ordenação perfeita entre povo e poder. Pois destas decisões enumeradas acima depende o futuro de nossos filhos e filhas, netos e netas. O que é bom para hum deverá ser igualmente bom para todos, cada um com seu talento e esforço, resguardando possibilidades iguais sempre.



Chaia Alvim Helder

domingo, 11 de fevereiro de 2018

A SÍNDROME DO MANDO X O SENSO CRIATIVO

a  síndrome do mando x o senso criativo

A política eterna herdeira da ambição não cria jeito mesmo, amplia o jogo do poder, negocia sua consciência, acomoda suas preferências ao bel prazer das circunstâncias, abre e fecha intenções a mais variadas e impossíveis, se preciso for pactua com forças estranhas ao Bem Comum do povo! Foi assim na antiguidade clássica, na era moderna e está sendo agora na pós! E no emaranhado aparentemente caótico desses dias tristes, ela sabe muito bem onde quer chegar! Trata se dá síndrome do mando! Vale lembrar a máxima perene: " todo homem quer ser rei, todo rei quer ser deus, só Deus quis ser homem! " O jeito é esfriar a cabeça, e na calma e gosto pensado deixar o senso crítico aflorar a sua mente minha irmã e meu irmão, A sorte nossa que eles passam como passaram e passarão os ventos de lá pras bandas do meu sertão iluminado! E chegará o tempo em que teremos mais abastanca da verdadeira e cristalina em solo, ar e mar da pátria amada sempre!!!

1; A arte de fazer politica é muito antiga, perde se na noite dos tempos, e seus vicios e virtudes perduram até hoje, em linha geral e a mesmo coisa  a busca incessante do poder pelo poder, muitas das vezes poe meios nada convencionais,, E até hoje o planeta terra se ressente dela, de suas maquinações e empáfia, marcada por guerras, intrigas e paz costuradas por um preço muito alto: a anulação da auto determinação dos povos.

2. Houveram gestos nobres, iniciativas pioneiras, acertos monumentais também, e a politica é necessária para a reta ordenação e condução de qualquer estado que se preze. Haja vista o Rei Salomão e seus códices de justiça e equilibrio até hoje admirado pelos estudiosos no assunto.

3. Mas, a corrupção do que deveria ser o otimo descambou no decorrer das eras historicas para o pessimo.. e ao ver a situação da republica Federativa do Brasil a gente tem a impressão que uma enorme cama de pregos foi tecida e o bem estar do brasileiro tornou um pesadelo quase sem fim... o que renderia neste blogger capitulos e mais capitulos a parte> 

4, Para encurtar a conversa o ideal seria que a politica domestica adotasse o regime de CLT, COM DEVERES E OBRIGAÇÕES CONCRETAS. menos salarios exorbitantes, menos verbas de gabinetes e mordomias disso e daquilo. E cada real amealhado de impostos fosse empregado corretamente em melhorias para a população, mais segurança, mais educaçao, mais saude e mais infra estrutura viaria, etc, Em suma que a politica parasse imediatamente de legislar em causa propria mas totalmente em prol  do legitimo mandatario do voto soberano: o povo.

5. Seria a cidadania levada a pratica e que os mandatos encerrassem em 4 anos, depois os mandatarios passariam a faixa para outrem, nada desta estadia indefinida no poder, faz mal a saude publica e não areja em nada a democracia, E APOSENTADORIAS POLPUDAS, NEM ME FALEM!/

6. Muitos dirão ser utopia só em pensar, eh eh eh! Realmente mas a alternancia no poder e algo muito salutar e traz novas ideias sem precisar abandonar as ações anteriores e os projetos desde que enquadrem a favor da sociedade como num todo.

10. A meu ver o que falta e a politica sentir mais a vontade do povo, viver em conexão direta com ele,, ter mais senso critico em suas decisões, promover o bem comum. A não ser assim o sofrido povo brasileiro vai voltar a dormir mais 4 anos na imensa e dolorida cama de pregos tecida pela politica sistemica ao longo de decadas, e este  mesmo povo querido não terá sequer a chance de acreditar em sua propria grandeza pátria.

11. Enquanto isso os foliões criativos e alegres estão na passarela do samba dando altissonante seu recado de que a grande espera de dias melhores para a nossa prole estão vivas em seus corações ritmados de brasilidade, e que 207 milhões de brasileiras( os) saberão se levantar a favor da democracia e pela sua autodeterminação, e juntos meritar a democracia ponto por ponto pelo bem da patria amada e o inicio de um novo tempo de paz. abastança. progresso sustentavel. Gratidão foliãs e foliões por nos fazer acreditar em nossa feliz independencia!

Chaia Alvim Helder
poeta minimo








    Comentário

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Rimas de um poeta mínimo ou 365 dias de poemas empiricos: O Cristianismo no Brasil e as incongruências da Mì...

Rimas de um poeta mínimo ou 365 dias de poemas empiricos: O Cristianismo no Brasil e as incongruências da Mì...:                O Cristianismo no Brasil e as incongruências da Mídia Televisiva 1. Não estou aqui, e estive varias vezes ao longo desta p...

O Cristianismo no Brasil e as incongruências da Mìdia Televisiva

               O Cristianismo no Brasil e as incongruências da Mídia Televisiva

1. Não estou aqui, e estive varias vezes ao longo desta postagens no Blogger do Google, para polemizar, e muito menos apequenar a importância vital da Rede Globo de Televisão como veiculo imparcial de informação, que reúne múltiplos e talentosos talentos em seus programas televisivos que chegam na sua ação aberta ou paga. A Constituição Federativa lhes faculta a liberdade de expressão, conquista democrática que não se pode abrir mão, máxime nesta momento de crise sistêmica quase incontrolável.

2.  No entanto o respeito ao Credo é também garantido nas leis constitucionais, para balancear a convivência harmoniosa em um país estatisticamente de maioria Católica e também tem em seu solo outros Credos. Isto posto acho eu que o Senso Comum deveria nortear tanto os produtores de cultura, a informação, o debate e em ultima análise a Religião que cada um em sua consciência professa.

3. A não ser assim corre-se o risco de gerar intolerâncias e conflitos e quem sai perdendo serão seus + de 207 milhões de habitantes esparsos neste Pais Continente, aliás que desde seu nascedouro adotou a Religião multi milenar do Cristianismo, visse!

4. O ideal seria se a mídia escrita, falada, televisionada tivesse presente em sua memória esta realidade e pleiteasse  em sua grade esta visão de união cívica inter confessional, e todos ficariam felizes! Isto iria triplicar sua audiência e que passasse em sua telinha mágica veria nela e expressão clara da brasilidade das gentes brasileiras.

5. No caso em questão a minha opinião é que Globo tem veiculado no programa a TV na TV, uma sátira inter textualizada que não se insere na realidade da Religião, menospreza e banaliza símbolos, sacramentos e dogmas de fé, pilares da convicção dos seguidores de Cristo. Se tornam, numa boa inaceitáveis estes quadros veiculados.

6. Logo a Rede Globo que propala o conceito de respeito as diferenças, e o faz com convicção pátria, que tem em seus quadros , diretores, jornalistas, comentaristas, repórteres, artistas, corpo técnico, de nomeada, os melhores da atualidade, e deixa veicular este arremedo da Religião?

7.  A comunidade Católica a que faço parte não entende os propósitos dessas assertivas, quiçá negativas no gradual pendulo dos anseios de Brasil Futuro? 207 milhões de brasileiros, dos quais mais da metade e telespectador assíduo da Emissora Globo de Televisão querem ver num futuro próximo um Brasil de fala direta, andar despreocupado, timbre sincero e + senso critico, + bem comum, + olhar de anjo arcano. E por onde irão passar nossos anseios que serão ouvidos pela classe politica: Por Ti Amigos da Rede Globo. 

São Paulo, 07 de fevereiro de 2018

Abraços rimados de união cívica
Helder Tadeu Chaia Alvim
poeta minimo