quinta-feira, 1 de junho de 2017

O Gigante Amordaçado

1.    o gigante amordaçado

    Haja prosa, falta verso, e no anverso triste desta hora presente avistamos uma nuvem carregada de miasmas descer seu véu lúgubre  sobre  uma nação inteira. Aproveitadores de plantão se revezaram para roubar-lhe seu sonho latente de liberdade e bem comum. Haja entendimento escatológico, que venha a vigilância, senão Ela a pátria de encômios dourados, de oportunidades, afeição e garra vai soçobrar. E em sua historia contemporânea vai restar apenas u página borrada sem ilustração pertinente, um leito para 207 milhões de compatriotas, forrado de pregos, uma cozinha faltosa de fogão quente, um alpendre vazio caracterizando a derrocada geral do senso comum.
2.       Não é isso que ela merece, se padece do mal que entranha suas artérias há de ter o remédio salutar, e no vagar tumultuoso ela esboça um pedido insistente de acalanto, ela quer colo, necessita urgente de uma faxina geral, almeja respirar os ares novos de um novo tudo, abomina a corrupção sistêmica, traz laivos de esperança em sua face desfigurada.
3.      Dotada de potencial admirável, intuição e bondade extensa, estende seus braços em cruz, olha para o infinito de cada um e grita alto para todos, salvei me filhos amados que já não aguento mais tantas  desfaçatezes juntas para me humilhar e roubar meu sonho de liberdade e bem comum!
4.      Pátria da partilha, da benção farta, da musica, do esforço incomum de suas gentes, da poesia em prosa e versos cantados, do sorriso franco, Da hospitalidade calma, da união cívica, da fé em Deus e na Virgem de Aparecida, o que restou de ti? Quem roubou sua beleza, quem alodaçou seu nome, quem pilhou seu erário não merece de ti um abraço de união.
5.      Sugaram seu sangue quais vampiros da noite fechada, e sobretudo tiraram de Ti, mão extremosa  o potencial e sustentável aluvião do mundo bom das certas certezas empíricas. Mas restou a mecha fumegando no cantinho do coração de seus filhos esparsos por este Brasil Continente.
6.      Somente uma revoada de asas arcanas poderá reverter o insucesso, somente bravos e destemidos lideres, somente 207 milhões de gente sensata  poderão juntos e fortes  te guiar para a Terra da Brasilidade e contigo  realizar seus desígnios sagrados de auto determinação para o bem de todos e felicidade de um novo tempo de paz, harmonia social e crescimento verdadeiro moral, cívico e financeiro!
7.      O mais é cantiga desprovida na realidade, o mais é falácia politica, o mais dá nojo só em pensar que rifaram o Brasil, que usufruíram do erário publico com fome dos infernos! Traidores da nação canarinha, Judas a serviço da maldade. O ralo da história os aguardam, a execração publica os espreita nas urnas soberanas, as ruas clamam pela democracia!
Chaia Alvim Helder


Postar um comentário