sexta-feira, 24 de junho de 2016

a fatualidade brasileira

                 A  fatualidade  brasileira
1.       Vocês não acham que tem muita conversa hoje em dia na terra dos homens, e pouco resultado pratico, parece o fogo fátuo da tocha olímpica que passa e a gente não entende bem sua proposição.
2.       E em chão nosso de cada dia, nem se fale, a fase esta brava demais, beira ao hospício na politica, e tudo indica que a moda fashion desses privilegiados das verbas transformou-se em pesadelos, pois muitos deles acordam, não com eleitor em sua porta pleiteando melhorias ao bem comum no âmbito de sua circunscrição, mas com a policia na porta, uma literal sinfonia paina ao avesso.
3.       Não era para menos, depois desta vergonhosa e alta competência esquemática para depenar o erário publico, a melhor das noticias é que o Juiz Moro está ativo com sua equipe e promete mais revelações e prisões.
4.       Impressionante fome de mil dragões desses  dignitários do poder, eleitos para representar os interesses comuns da nação Brasil, e em determinado momento  resolveram trilhar o caminho da corrupção e deixaram seus mandatos às favas.
5.       Em outra parte do globo estelar, bombas e mais toneladas delas caindo na Síria, numa guerra insana, fratricida, intolerante , e com laivos tremendos de fanatismo do E.I, parece não ter hora para cessar o que há muito se iniciou.
6.       Aqui dentro a espera demorada do gigante que assiste aparentemente impotente a onda de corrupção sistêmica, e em sua face as cicatrizes, e em seu peito um grito preso de liberdade aguardando a hora arcana para si e seus mais de 207 milhões de filhos e filhas da Terra de Santa Cruz.
7.       Para além desta era afônica virá na curva da nossa história outra totalmente ao oposto,  inteiramente do bem comum maior inerente a esta nação de gente pacata, honrada e de visão exemplar.
8.       Será restituída ao povo sua dignidade, liberdade, fé e coragem inigualáveis, e uma onda suave de paz osculará estas faces hoje conspurcadas pela corrupção, amanhã restauradas e  sustentadas pelas leis constitucionais.
9.       Será devolvido ao povo o direito de usufruir dos impostos pagos, da educação de qualidade, haverá a geração de oportunidades, saúde, transporte e segurança, em suma um pais feliz de sua origens, que acalenta sua alma de eleição, e quer um futuro auspicioso para seus filhos e filhas.
10.   Um pais que respeite sua biodiversidade, fauna, flora, os animais silvestres, e não esse atual que sacrifica a Juma de seu habitat natural devolvendo a ela uma cova rasa, tristes, revoltados ficamos, e em lágrimas estamos...
11.   Com todo respeito aos jogos olímpicos que se avizinha, e seu importante congraçamento global, mas dado os graves problemas domésticos por que passa a nação Brasil, o foco correto seria outro, bem outro.
12.   Ele aguarda ansioso que a produção desordenada de políticos corruptos cesse de uma vez por todas, que esta mania de vantagens escusas termine logo, que estas ações inócuas que envergonham todos os brasileiros sejam punidas pelos rigores das leis constitucionais.
13.   Para em seu lugar surgir a sintonia e convivência sincera entre povo e poder, pois a história passa e registra os fatos presentes, deploráveis, mas deixa aos brasileiros um  futuro com  sua potencialidade gigante de escrever sua epopeia  grandiosa de bem comum ou se persistir na inação politica e moral trazer à tona a escatologia do fracasso.

Chaia Alvim Helder
São Paulo, 25 de junho de 2016
Festa do Precursor São João Batista


Postar um comentário