terça-feira, 30 de dezembro de 2014

essência de Siloé

  essência de Siloé
.     
 Desejo a você aquele sopro benéfico no ano que se aproxima, aquele osculo de paz que fará toda a diferença no término de 2014, que tem pressa para encerrar seu ciclo empírico e passar a batuta > 2015, pois sete e sete = 14, três vezes sete = 21, que menos:  – 6  se auferirá um auspicioso: 15 a Ti, que possui o coração maior que o universo, mais belo que a lua, mais brilhante que sol, mesmo o céu fulgurante perde em brilho perante  tu , pois és o retrato de Deus.

Guardei seu olhar de bondade serena em todo o percurso de 2014, e o levarei comigo, se você assim o permitir para o reino empírico de 2015, e para onde for sei que terei seu ombro solidário a aquentar minhas noites de inverso reverso até a primavera chegar em versos floridos.

E vamos continuar a construir um tempo, locupleto de boas intenções reciprocas, de paz perene, da convivência agradável, amor incondicional e harmonia sem igual. Pois o que nos une é algo da altura da alma, do quilate do ouro, algo que as traças e os ladrões da precificação nunca conseguirão arrebanhar para si.

Enfim, quero dizer que foi bom lhe conhecer, privar consigo sonhos de mundo bom, pois a vida dizia alguém ‘depois da lida deve ser vivida em função da amizade, do querer-se bem, amar-se e na medida do possível estar juntos’, como fazemos neste momento neutrino e faremos prodigamente ao longo do ano que se aproxima a passos largos, se Deus quiser!

Então que sua existência seja feliz, seus caminhos planos, seus sonhos, ora seus sonhos do tamanho de seu coração de gigante, seu olhar mais aquecido que as fornalhas de Siloé, e que sua essência de liberdade continue  a iluminar por extenso o ano novo e bom de 2015, hein!

Abraços, beijos de união
Helder Chaia Alvim
Postar um comentário