quinta-feira, 21 de agosto de 2014

fragmentação

fragmentação

1. Estas rimas  preiteiam o mundo bom, aquele capaz de enxugar as lágrimas sentidas da humanidade, aquele que brotou do peito de um condenado na cruz de ignomínias, com o diferencial que tratava-se do filho de Deus. E  a  promessa  ele  o  disse em um tom que não deixava dúvidas: ' Quando  eu  for levantado atrairei a mim todas as coisas...'


2. Tempo foi, tempo veio, amanheceu muitas manhãs floridas na soleira deste mundo, anoiteceu noites com borrascas espantosas, muitos tentaram fazer valer a doce unção do evangelho, outros mercenários a soldo do anjo decaído se empenharam em espalhar o veneno de Louda Iskariotis.

3. Uns elevaram com sua santidade eras e mais eras de luz, outros nocautearam o planeta e perderam a si mesmos e à sua volta. E chegamos exaustos no tempo dos átomos enriquecidos de urânio, nos neutrinos quânticos nanotecnológicos com a ideia de superar a morte, com a vantagem da comunicação em tempo real.

4. Na ciência quiseram basear a paz universal, acabar com a fome, evitar as guerras e não conseguiram. Estabeleceram no ceticismo o mundo sem Deus, e encolheram a alma a troco de benesses materiais. 

5. 'Disseram que não haveria mais solidão com os selfies da comunicação, distraíram a moçada nas passarelas da moda fashion, deturparam a politica, voltaram as costas ao bem comum, tolheram a liberdade de expressão e acabaram com a fé no universo transcendental.

6. Conclusão estamos imersos na '3ª guerra mundial fragmentada'no recente dizer autorizado do Papa Francisco. Não é preciso ser um lente na politica internacional, apenas ter a sensibilidade daquele que doma ventos e tempestades para constatar que realmente o fim escatológico de um era soberba está próximo.

7. Paira sobre este panorama apocalíptico o olhar divino com todas as suas exuberâncias de bondade, justiça e potência renovadora. Olhando o Iraque, Palestina, Ucrânia, entre tantos outros percebe-se que a movimentação arcana se faz necessária senão eles e nós pereceremos indubitavelmente na mão do poderio bélico intolerante.

8. Os homens terão que antes da parusia do mundo bom previsto na oração do Padre Nosso subir o calvário, sorver a mirra da provação existencial para depois ressurgir e realizar ainda nesta terra sua missão total, que é fazer de seu chão a ante câmera do paraíso.

9. Nesta hora de violência extrema contra os simples e retos de coração não adianta insistir em conceitos quânticos e pintar o casco do transatlântico quando o planeta imerge em uma borrasca quase comparada ao dilúvio, e os detentores do poder perderam o senso comum e crítico da situação.

10. Ah! a violência e seus 'direitos' pleno! e aporcalha e dissolve com seu ácido corrosivo de maldade deliberada tudo o que toca, e ganha cidadania de trânsito livre. Cabe uma prece ao soberano Senhor da vida e da morte pelo intermédio da melhor de todas as mães, a mais compassiva, a mais bondosa, a mais admirável da virgens: Nossa Senhora do Bom Conselho. Salvai-nos rainha de misericórdia e esperança nossa!

Helder Tadeu Chaia Alvim




Postar um comentário