sexta-feira, 7 de março de 2014

A janela da alma ou uma canção para Rose


1. O seu nome traz uma conjugação de Rosa e Anjo, o seu ser carrega um quê indefinido de duplat, o seu olhar uma suavidade sem fim, ajuntando a delicadeza de seu toque assim...Foi num domingo de carnaval que nosso encontro se deu numa mesa de bar.
2. Aconteceu justamente naquele lugar que tantas vezes estive, proseei com os poetas do guardanapo. Tinha que ser e quando a vi pensei: uau!!! Sem rodeios me aproximei, travamos rápidos olhares e na significância daquele momento único em meio a um trago do cigarro L&m nos beijamos de relance ...
3. E dali há pouco dois olhares estavam se encontrando na sintonia de um abraço num laço de imprevisíveis e afinadas melodias do coração.
4. Sei pouco dela e ela sabe bem pouco de mim, mas parece que a conheço faz tempo. Um tempo que o vento, o mar, a lua trouxeram para mim.
5. Duas pedras rolaram e rolaram e acabaram se encontrando na esquina de uma rua conceitual, amada, cantada em prosa e versos sentidos pelos meus chegados do mundo bom que acredito ser possível.
6. O incrível é que o destino encaminhou duas razões opostas para se encontrarem na harmonia de um só abraço, na emoção de um momento de festa, confetes e colombinas.
7. E elas se roçaram numa noite louca e suave, se amaram tranquilamente e se entenderam completamente.
8. Ao correr das horas novamente carinhos e afeições prolongadas no eterno instante de um beijo, depois veio a despedida, aquela dor ao ver a pessoa amada se distanciar e seus passos lentamente se afastando deixando no ar aquele perfume de duplat.
9. Olha que sou poeta e aprendi a admirar as mulheres como obra primeira do Criador e tenho que lhes confessar que ele caprichou e a presença delas é especial demais!
 Mas tem aquela de sua predileção e às vezes você passa um bom tempo sozinho idealizando uma visão, que um dia surgir em sua frente uma mulher diferente com jeito de menina, olhar que ilumina e nessa claridade feminina seus voos de sublimação são o que mais encanta o coração de um homem que se deixa banhar por este bálsamo de tons impressionantes.
10. No nosso caso de amor depois de muitas mensagens preciso encontrar-me com ela saborear mais uma vez sua presença e dizer-lhe em minha prece parece o quanto ela é amada e lembrada nas manhas, tardes, noites e madrugadas de uma rua augusta entre todas.
11. Se foi só um flerte não sei, o fato que foi um bom começo e se mereci sua atenção é um sinal que algo de um sentimento inteiro vai rolar entre nós.
12. Ela foi o melhor de meus sonhos creditados e acreditei nesta página do caderno para oferecer-lhe o néctar de um amor sincero e duradouro mesmo sendo um esboço percebo que vai nascer de nosso relacionamento um linda pintura
13. Depois de uma noite de sonhos mesmo não sendo Homero em busca da Ilíada, nem também Camões pranteando a Dinamene abandonada no mar das desilusões, tenho minha opinião a respeito dela e neste diapasão canto uma canção para Rosângela meu anjo em botão, razão e emoção juntas, uma autêntica escorpiana comandando a situação...
14. E numa noite de confetes e serpentinas não afoguei o amor em um copo de vodka como no passado, nem chorei alguma colombina perdida no meio dos foliões; não era preciso tive a ventura de ter em meus braços um sorriso cativante de uma janela que se abriu e de repente comecei a acreditar de novo no amor... ( Chaider – SP Fev 2014)

Postar um comentário