terça-feira, 24 de setembro de 2013

a palavra que da escrita surge...

1. Poemar é uma maneira interativa encontrada pelo verbo rimar que conserva através da história humana seu frescor nas palavras que fluem da inspiração. É um cismar daqueles que se dedicam ao mister prazeroso de entornar versos no papel em branco. Neste exercício de abstração a alma se revela, doce, suave, contundente, clarividente. Posso afirmar cotejando o trabalho de criação de muitos desde a antiguidade clássica de Heródoto, passando por Cícero, Platão, Agostinho, renascendo com Dante Aliguieri, Luis Vaz de Camões, Bernardes, Vieira, Euclides, modernizando-se com Cecilia, Cora, Drumond, e tantos outros e outras, que sem eles o universo teria perdido o equilíbrio sadio do espírito. 

2. E hoje esbarramos com nada de novo sob o sol da tão propalada pós modernidade, nos encolhemos na cultura e saber e as conquistas astronômicas da ciência quântica no frigir dos ovos não estão valendo muito, o que vemos são crises mundiais, muita, fome, miséria, tanto moral quanto material, muito ego exacerbado no comando das coisas publicas em proveito particular, muita gente perdida em meio aos GPS, Smartphone, iPhone 5 S, Galaxy S 4, veículos possantes e sofisticados das informações  em tempo mais do que real. 

3. Vamos que vamos e não sabemos se voltamos, se as nossas asas douradas de glamour, poder, fama estiverem só chamuscadas nos daremos por felizes neste mundo em transição para o abismo sem volta.

4. Tenho presente que somente uma conexão empírica poderia ainda salvar o planeta terra e seus bilhões de ha. Impressões ou tristezas deste tempo mix, fantasmas à solta, tudo e todos decaíram de suas concepções abstratas, e creio estarmos sorvendo as últimas gotas do cálice amargo de um progresso mal calculado, fora de jeito, e de propósitos deliberadamente contrários ao calor humano, à auto determinação dos povos, à paz e harmonia universais.

5. Por isso infere-se deste " delírio encapsulado " anuviado pelo anjo das trevas, que uma era de  luz total deve surgir no panorama mundial, trazida por mensageiros arcanos para dar continuidade aos planos do Artífice do universo, que poucos conhecem, mas cuja gloria a natureza em sua interioridade própria canta e canta sem cessar um cântico novo a cada dia que amanhece,   a cada noite que anoitece prepara em seus segredos um outro dia mais esplendoroso ainda...

6. Bom sendo assim, esta rima quer antecipar na sua humildade própria este dia e convida-o a equilibrar a balança dos sentimentos, a limar a fé, a sonhar com este mundo bom do coração de Deus que o medirá conforme em sua nova estatura de bondade, justiça, misericórdia e vigilância constante, sem esquecer de umas pitadas de cor, brilho e poesia.

7. ' Pater si fieri potest transeatis a me calix iste! Fiat voluntas tua sicut in coellis et in terra... Adveniat Pater regnum tuum...'

8. Quando chegar a hora da travessia dos sonhos sonhados para a realidade cristalina, as nações caminharão sob o impulso e harmonia da Rosa Mistica de eleição e verão o quanto estávamos distanciados do Amor Total. Ah! a era do concreto armado dará lugar à outra: a da clorofila amada!!!

Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário