segunda-feira, 24 de junho de 2013

a enfase de um grito... na face de um povo...

1. Impressionante nisto tudo que estes bravos jovens não tinham nascido quando aconteceu 'o fenômeno'abertura... Hoje se mostram na sua essência coletiva, mais lúcidos, lógicos, inteligentes, transparentes do que os de minha geração. Plugados que estão no mundo bom, verdadeiros estadistas da brasilidade. 

 2. Definha-se no cenário nacional o longo processo de corrupção na malha política, que adquiriu vieses arcaicos, espertos obsoletos, caóticos, distorcidos e como era de se esperar 'a casa caiu', o gigante acordou furioso de seu pesadelo, e disposto a reaver o tempo que usurparam dele, a varrer a casa, arrumar a bagunça e punir os culpados.

 3. A forma como geriram as coisas publicas mostrou-se perversa ao bem comum, e vai acabar como findou o grande império dos césares com o advento tempestuoso da horda dos bárbaros. Nesta era da alta definição surgiu na curva da história algo novo no ar, os jovens brasileiros chamaram para si o dever e a missão de sabatinar a classe política, e a maioria deles tirou nota abaixo da abaixo da média, variando - 333,03%. > Também pudera empoados em seus gabinetes receberam a lição de uma juventude mal saída de seus cueiros - digo carinhosamente desses- que tiveram a ousadia e a coragem de ir às ruas de muitas cidades e capitais e proferir este grito articulado que levou o Brasil inteiro a esperança e a alegria que antes não viu e conheceu...

 4. Incrível é que em sua inexperiência mostram um amor à Pátria capaz de superar obstáculos para implantar a brasilidade, a justiça social, o calor humano das mudanças necessárias sem afetar as leis constitucionais, os direitos humanos e as ordenações democráticas, e isto tudo com garra, ênfase, criatividade e resolução.

 5. Preconizam em seu grito uníssono as verdadeiras mudanças, anunciam alegres e esperançosos o novo tempo de paz, progresso e auto determinação na justeza de suas reivindicações; pude sentir no seu olhar, contagiante, convincente, que não se deixa enlear pelas teias da política suja e anti brasilidade. Pude presenciar e sentir a fôrça unida, a esperança certa de 200 milhões em ação efetiva por esse Brasil afora, e ninguém poderá mais silenciar esta voz anônima unida que irrompeu do facebook para as ruas num assomo de indignação e pouco a pouco tomou o corpo e a alma da Terra Brasilis.

 6. Não trata-se de uma negação da negação de nossos valores pátrios, mas a afirmação da afirmação, a sublimação da sublimação deles, representado pela bandeira verde amarela azul e branca, iluminada pelo cruzeiro do sul. Trata-se de uma conceitual e bem elaborada escatologia anunciando a alto e bom som o fim do jeito errado de fazer política e a sinalização exata ao Bem Comum Maior, com direitos e deveres inerentes a cada um dos filhos da nação brasil.

 7. O grito deu o primeiro recado insofismável, trouxe em seu âmago o patriotismo, se tornou claro como o sol do meio dia,potável, palatável qual nossas fontes de águas cristalinas, rebombando em nossas cidades, matas, florestas de dimensões continentais e sonoridades cor de anil, além muito além de nossas fronteiras repercutiu e envolveu o globo terrestre e encontrou repercussão mundial.

 8. Ah! sem prosopopeia ou animismo, este rumor benéfico e democrático adquiriu várias tonalidades na confluência de um todo harmônico e persuasivo que espantou muitos e encheu de esperança o coração do Brasil, a máscara caiu, a ciranda de gastos se encolheu, e o telhado de vidro ficou exposto à esta chuva de protestos, ontem calado, hoje na voz, vez e brado retumbante de um povo que mostra a sua verdadeira face do bem comum e diz a que veio e o que quer!

 9. Neste viés veio a surpresa amarga para uns e a alegria doce para a maioria, as tarifas como por encanto abaixaram, seu milionésimos de acréscimos, a Presidenta legitimada pelas urnas soberanas se pronunciou em rede nacional, e está em curso um pacto social de relevância nunca antes vista. As reivindicações apareceram e são tantas! E por onde começar? Tem as malfadadas Pecs 37 e 33 em curso e com a pretensão descabida de tirar o poder e o equilíbrio do ministério público e do judiciário, tem a educação, saúde, segurança, a violência, a corrupção, as contas públicas, os gastos exorbitantes da classe política, etc.. etc.. etc.. E tudo para ontem! E por mal dos pecados a copa e sua monstruosa despesa de bilhões... 

 10. E em pensar que o grito salvador surgiu com um bem vindo 'Tsunami' que em um átimo de tempo relativamente curto do Facebook irrompeu na face de um povo ordeiro que não suportava mais as incoerências, os descaminhos medonhos e assombrados da política doméstica e trouxe um categórico não que sacudiu a nação brasileira. 

 11. Palavras não foram ditas... discursos não se ouviram... a demagogia ficou ausente desta vez... e deu lugar aos milhões de cartazes de indignação procedente que se torna quase impossível descrever todas as nuances maravilhosas desta manifestação a não ser estando presente e compartilhando das verdadeiras aspirações de um povo forte que não foge a luta renhida, que ama seu passado, se importa com seu presente e quer um futuro digno e promissor para todos os brasileiros. 

 12. Bendita juventude, bendita era da alta definição on line que definiram daqui para frente os rumos Tudo em Todos, o Bem Maior e Comum, não a uma minoria privilegiada mas a maioria cordata, trabalhadora e plugada nas certezas empíricas do mundo bom , fraterno, solidário e de calor humano contagiante e esfuziante. 

 13. A leveza, a força deste brado foi justo e necessário, e trouxe em seu bojo inegavelmente a clava forte de um ativismo regenerador que acordou o gigante de seu pesadelo,iluminando sua face, fazendo-o sorrir um riso solto, fazendo-o derramar lágrimas de contentamento pois surgiram na curva de sua história heróis frathers capazes de libertá-lo do cativeiro e empossá-lo no seu lugar de direito.

 14. A poesia se apequena, a prosa encurta suas linhas, os versos não conseguem refletir em toda a sua extensão a grandeza de detalhes, a pureza de intenção, o belo gesto de civilidade coletiva e consciente de uma geração acostumada aos games, twiters, stragans, iphonnes, facebooks, que não se alienou e pensou o Brasil no sentido Maior do Bem Comum, e conseguiu nocautear a política no 1º round. O recado foi dado, amplificado pelo grito uníssono e democrático na face de um povo. Cabe aos políticos, refletir nele, pensar o momento e agir em consonância com o anseio geral da nação brasileira, para o bem do povo e a reconstrução total e irrevogável do novo tempo sem mais delongas...

 15. Não infere-se deste texto uma negação da politica como construção e sustentáculo legítimo do progresso genuíno e necessário, não infere-se deste grito um chamado a anarquia e a vandalização, não! E sim uma revolta legítima, justa e atual contra os desmandos do fazer e dirigir o nosso país continente, de riquezas in vitro, de oportunidades in natura artis sem igual e patrimônio de todos os brasileiros. 

 16. Sim ,o Brasil altaneiro colheu este grito e não terá sido em vão! Depois dele, um diferente e arrojado povo nasceu e despertou para seu futuro e nada poderá deter a voz que emanou de seus lábios sequiosos e se dirigiu intrepidamente àqueles que por mandato soberano tem o dever e a obrigação sagrada e patriótica de velar pela Res Publica, aplicar conscienciosamente cada centavo amealhado dos impostos e não impor uma maneira de vida diferente do que realmente deva ser: livre, justa, soberana, voltada sempre para o bem maior comum inerente a todos os mais de 200 milhões de corações verdes - amarelo em ação e doação de bondades mil! 

 17. O que se seguiu não fora um mero tratado de opinação mas pura e simplesmente a constatação que quando um povo se levanta pelos seus direitos sagrados não há quem possa obstar seu valor, sem incorrer no risco de uma ditadura disfarçada de democracia, e o filme não poderá ser rodado novamente pois agora os protagonistas tem um novo endereço: <i>as ruas soberanas da nação brasileira... 

18. Rimas à parte se elas não tentassem refletir um momento atípico, incomum, inusitado que sacudiu o Brasil na semana que se passou, tinha magia, tinha salubridade, tinha emoção, alegria, louçania, clarividência, calor, cor, dor, revolta, ódio sadio, entremeados de gritos, protestos, hinos, musica e alvoroço, tudo no mesmo lugar comum, tudo na mesma hora prefigurando o início de uma nova era para o Brasil: A Era do Gigante Father, mimado ao extremo pelos novéis prêmios da verdadeira democracia brasileira donde o poder emana do povo!

 19. No meu entender a politica é uma vocação de alto valor humano, e que envolve da parte de seus dignitários muita consciência, estrita observância da constituição e uma ampla visão a tudo a que se reporta aos aspectos sociais, culturais de sua sociedade como organismo vivo da nação. 

 20. Este grito veio a calhar e é um sintoma que este mesmo organismo já há muito ressente de uma doença quase mortal e requer um tônico salutar. Este grito ninguém rouba nem tira dos brasileiros, já foi proferido na força épica de sua extensão perene e pertence ao infinito coletivo da maioria... Este grito não vai olvidar a alma da nação brasileira e sua fé no saltério de dez cordas.

 Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário