sexta-feira, 31 de maio de 2013

a quintessência do entonces...

1. Ainda nesta terra de desilusões, lágrimas sentidas florescerá a Rosa Mística, se sentirá o seu perfume melífluo do 'Fiat', em toda a abrangência do querer divino, em toda a confluência de ações meritórias.

2. A paz nascerá, o corpo conjugará as potências, a alma estará no olhar, a fraqueza será forte, a fé transportará montanhas, a esperança se consolidará e a caridade se tornará uma instituição.

3. Visão de um poeta mínimo? Nem tanto, já fora escrito anteriormente, o J não se desviará do prumo, eu presumo que muitos crerão, quando o arcano chegar e desenrolar o pergaminho do tempo, terá lugar nesta terra uma aquiescência coletiva ao 'Bem Maior!

4. Vamos passo a passo, esta era a que me refiro marcará o ponteiro e pontuará a quintessência do paraíso perdido. E todo  o passado, incluindo o da alta definição, da notícia em tempo real e dos 'milagres da tecnologia, se assemelhará a palha perante ao futuro presente.

5. Duvido que duvidarão do que está por vir, novos céus, nova terra, passada a comoção, o Amor ditará, sem se impor jamais, as normas do coração.

6. E aí, olhando à nossa volta, o ambiente denota um paradoxo irreversível, e poucos são os que aquilatam toda a extensão do abismo que se abre bem em frente dos olhos cansados da humanidade universal.

7. - Então, poeta das rimas de aparência desconexas, como se sucederá entonces, em que asa arcana apoia seu parecer? - Perguntas estas que demonstram preocupação, pois somos seres sociais e a frustração bate a todo instante em nossa porta e o mundo ideal das certezas empíricas se distancia à léguas do que a sociedade em um todo deveria ser.

8. Uma sociedade falida em vários aspectos, que sequer reflete em sua existência, que aceita passiva a corrupção, a violência, que não cultiva o calor humano, que só olha para seu umbigo, que cultua o hedonismo a mais não poder, que faz do consumo a razão de ser de sua felicidade, que assiste anestesiada migrar para a política defecções espantosas.

9. Pensando juntos vamos chegar a uma conclusão de consenso que só uma aliança forte com o supremo Bem, um olhar coletivo diferente repensando claramente a situação, uma solidariedade plena poderá fechar completamente o dique trincado, senão fora assim. mais dias, menos dias,  a ruína do nosso tempo, será a nossa própria ruína.

10.As fórmulas científicas de sociologia não existem, as teorias socialistas fracassaram em uma prática perversa do mando pelo mando,o capital está desgastado, restou o melhor: a fé, 'grande suplemento, para os sentidos completar!' 

11. Na era das catacumbas de Roma altiva,  Nero vigiava o império com olhos de lince, e não conseguiu impedir o florescimento da religião do Nazareno, e os próprios pagãos comentavam: 'vejam como eles se amam!'

12. Pronto, baseado na história universal vemos que toda vez que a humanidade cria juízo e se move sob o preceito do Amor, coisas maravilhosas acontecem e as pedras de tropeço são afastadas num átimo de tempo. Toda a vez que  ela reconhece a grandeza do Criador e vive conforme sua lei de sabedoria tudo se encaixa como luva.

13. Do número da sorte treze vou ficando por aqui, espero que estas reflexões que fizemos juntos sirva para estreitar nossos laços sagrados de amizade, aliás nesta cidade tão bela, que traz um ar pardacento e não isento de sobressaltos, mas repleta de mil lições.


Helder Tadeu Chaia Alvim
São Paulo, trinta  de maio de dois mil e treze,
Festa de Corphus Cristhi










Postar um comentário