terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

A voz sem igual de Whitney Houston

  1. 1. A voz pop do mundo silenciou, a voz que embalou milhões de pessoas,  como definir o talento de Witney Houston? Em uma palavra: angelical, a considero insuperável. Nunca vi uma artista ganhar enfileirados tantos premios, produzir num fôlego só seus hits e canções, uma voz aclamada para muito além das fronteiras dos USA. Uma voz que se tornou, graças ao seu timbre e encanto doce e forte, a ícone de todas as artistas afro descendentes americanas, uma voz que embalou décadas no amor, romantismo, paz e esperança de um mundo melhor para todos. Assim que eu vejo a cantora Whitney Houston.
  2.   
  3. 2. Ao nos deixar, em ciscunstâncias ainda não esclarecidas,destinou ao orfanato  seus milhões de fãs de luto e com o aperto no coração, daqui em diante tudo vai ficar mais triste, monótono e estranho, pois não teremos Whitney físicamente nos palcos, nas telas, nos filmes, na presença de sua família, sua Igreja, seus amigos... A maior voz do planeta silenciou e não temos palavras para expressar o quanto sentimos, pois ela já fazia parte de nossa família.
  4. 3. Adeus, Whitney, você cantou, você sorriu, você amou, você sofreu e ao partir deixou no ar o perfume de sua graça, de sua sensibilidade que emocionou o mundo inteiro, e agora está presente no plano espiritual, pois a vida 'non tolittur, sed muttatur', a vida se transforma de perda em luz. E a sua luz por muito e muito tempo vai iluminar as trevas da hora presente.
  5. 4. O mundo atual se perdeu em meio ao seu estilo 'over' e ao procurar o máximo de suas aptidões desembocou na mania de ostentar, perdeu o encanto pessoal do minimalismo. Rostos se deparam todos os dias, talvez por uma única vez, e se afastam sem ter fixado o olhar do irmão ao seu lado.
  6. 5. Por isso com a perda de Whitney fica a reflexão do que vale a pena mesmo nesta vida. Ela possuia uma voz sem igual, impressionante, afinada ao último, de timbre contagiante e de um uma maravilhosa sonoridade que nos levava ao infinito das emoções. E a diva partiu, jovem ainda, apagou-se no firmamento terreno uma estrêla e o restante da sua história pertence a Deus e a seu mundo espiritual.
  7. 6. 'Vida marvada', parece brincar com os homens, ébria de sonhos, voluptuosa de feitos, guinda-os ao extremo da fama, joga-os às pirambeiras do abismo, calca-os aos seus pés tirando-lhes a vida. Antes era tudo sorriso, promoção, mídia em contato de 100 graus. Ao caminhar, do nada interrompe suas trajetórias. Vá entender, acho que vou morrer sem saber a que degraus ela ainda vai conduzir a humanidade, que caminhos, adversidades a aguarda?
  8. 7. Neste contexto, quantas vidas inocentes abortadas? E sem ter visto a luz? Quantas guerras declaradas ou não. Quantas Eloás perecem diariamente pelas mãos insanas de carrascos domésticos? Quanto extermínio público ou privado visando o lucro, que abafa a liberdade, arrasa etnias, e detona a religião.
  9. 8. Esta vida se afigura como um imenso mar de lágrimas, literalmente salgado, que cega ao contato, que engana e promete um horizonte que não é seu e no descuido de seus navegantes os afoga e destroi sem dó e piedade.
  10. 9. Assim vamos, os que vivemos, um dia pereceremos, e tão bom seria se esta hora nos colhesse na prece e amor ao semelhante, no último suspiro quando a alma se encontrar na travessia de sua última viagem, vislumbrasse o olhar de Deus  e nele uma eternidade feliz, bem diferente desta realidade cinza e opaca que se nos apresenta. E a história da raça humana continua voraz, indecisa, imprevista...
  11. 10. Whitney viveu intensamente sua música, embalou multidões de fãs com sua melodia pop internacional, a seu modo queria o mundo bom, a seu modo deu tudo de si à arte e agora sua alma não pertence à sombra deste mundo pois a verdadeira luz a envolveu completamente.
  12. Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário