terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A Flor de Jessé na era do XPS 13 e do Display Led

1. Quer ser feliz! Claro! Nascemos com a sede intrínseca de felicidade e a buscamos a qualquer preço! Não vou tratar da satisfação de possuir um Ultrabook, que a Dell lançou há pouco ' com acabamento de alumínio e fibra de carbono e tela 13.3 polegadas' ( Diário do Comércio 24/01/2012 -pág 17- Informática ).

2. Nem tão pouco as conquistas fidelizando clientes nas redes sociais:' 70,5 Milhões de pessoas acessaram no Brasil o Facebook e o Orkut'( DC idem). E muito menos não é meu intuito descrever a façanha do You tube que 'cresce 30%... com mais de 4 bilhões de reproduções diárias e 60 novas horas de vídeo compartilhados' ( Diário do Comércio 24/01/2012 pág 10 logo).

3. Ou comemorar a vinda do Siri, do iPhone 4S, uma inteligente máquina celular interativa, programada para conversar com seu usuário. Estamos no começo de uma nova era robótica como previa Steve Jobs, o homem total à frente de seu tempo.

> O talento individual superando-se a si mesmo indo num crescente de  um desafio a outro tocando ao clímax de sua criação.

>> A alma humana no sentido inverso acanhou-se ensismemada em seus fantasmas existenciais. A equação não bate e ela está para a robótica quântica  quanto o arco e flecha estáo  para a atual era nano-tecnológica.
4. Tudo isto temos de reconhecer é fabuloso, um avanço da democracia on line, assusta as grandes corporações controladoras e alegra os internautas do mundo inteiro. Sou contra a pirataria e os direitos autorais devem ser preservados, mas a voz da internet não deve ser silenciada ou truncada, como ameaçam o Pipa, Sopa e o Acta.

5. Quero explanar, sempre interagindo consigo leitor caríssimo, o desenvolvimento da plenitude do espírito, que ainda não deslanchou na era da alta definição digital. Ao contrário do que poderia se supor não existe nenhum antagonismo nestas duas faces de um mesmo ser.

6. Tenho notado que os mais jovens, no frescor de sua visão de mundo ideal, estão mais propensos a compartilhar estes dois mundos num só, o que é uma promessa de solidariedade universal aliada às ferramentas mais sofisticadas da alta definição nióbica.

7. Aí encontra-se o X da questão eles pressentem a necessidade de galgarem juntos a esfera espiritual, para encontrarem as respostas que nossa geração utópica não pode dar. Caiu o muro de berlim e com ele muita coisa errada apareceu, muita dissonância entre o discurso e a prática, cresceu o capitalismo, o consumismo abrangeu o mundo, a China se industiralizou e o vazio existencial continuou batendo na porta dos que sobreviveram, dos que nasceram na década de 90.

8. E hoje o mundo à beira do caos, parece contradição, altamente informatizado, altamente interligado pelas redes de informações, altamente capacitado com tantos doutorados, mestres e pós-tudo, engatinha-se no inter-relacionamento humano, os interesses particulares estão acima do bem comum e a malha da política poida, carcomida pelo verme da corrupção ameaça a auto determinação dos povos e desvia dinheiro de montão.

9. Então existe a saida tranquila e segura que é acessar a outra esfera, a quinta via à margem do tempo dos homens, trata-se da esfera espiritual que levará a humanidade a viver na verdadeira paz, na harmonia universal dos direitos de Deus, na sintonia perfeita com a mãe natureza, esta tecla salvadora está ao alcance de qualquer pessoa em qualquer lugar.

10. Ah! Chegamos ao jardim de Deus, onde o sol da justiça brilha forte sem queimar nossas faces, deixando de lado o laicismo, subamos, sem sobressaltos e vertigens até Ele pela escada de Jacó que é Maria, a mais pura criatura saida de sua mãos. Ela segundo as sagradas escrituras, a tradição apostólica e os padres da Igreja virgem antes, durante e depois do parto, cumulada por Deus de todas as graças, medianeira e rainha dos céu e da terra.

11. Em boas mãos contemplemos com carinho este lírio de candura, a flor de Jessé que nos conduzirá com credenciais legítimas ao conhecimento do Redentor, O Deus Humanado, o grande poeta dos versos perdidos e às suas alegrias incomensuráveis de convívio e participação de sua visão beatífica.

12. O mundo de hoje, faço parte deste quadro, penitencio-me de bom grado, a par dos avanços inegáveis da ciencia quântica anda conturbado e infeliz, é porque foi criado para refletir a dimensão de luz de seu artífice e não o fez completamente, se afastou dos sacramentos, da penitência e comunhão, sem mesmo ter conhecido a doçura dos caminhos retos, quem tinha fé perdeu, que não a conheceu inventou teorias improváveis e desceu ao túmulo com seus fantasmas e opiniões errôneas.

13. E para aliviar estas tensões seculares, há mister de outra plugação: a divina e foi a pedido insistente de Maria que Jesus antecipou sua pregação pública da boa nova libertadora, antecipou seus milagres, que selariam sua missão redentora em Caná da Galiléia tranformando água em vinho e no mais puro vinho.

14. Sinalizou a via segura através da qual nossa prece sobe ao trono do cordeiro e desce em forma de graças e bençãos. Nossa Senhora é a grande tranquilizadora dos corações, a co-redentora. Está disponível sempre para ouvir, aconselhar, amparar e sustentar a quem quer que seja que se aproxime de sua presença de Mãe.

15. A atualidade impressionante de sua presença entre nós e perceptível com os olhares da fé, e sua perenidade é imutável. Foi dado a Ela a altíssima missão de manter o equilibrio da raça humana entre o concreto e o abstrato de sua alma, defendê-la das ciladas do anjo decaído e intrduzi-la ao reino que seu filho tem preparado para aqueles que o amarem deveras de todo o seu coração e ao próximo com a si mesmo.

16. Fora disso são especulações haja vista que Maria estendeu sua caridade até as montanhas de Aikarim e santificou João Batista no seio de sua prima querida Isabel. Ela, Maria deu à luz de uma forma milagrosa, admirável em sua forma, cantada no espaço de gerações, aclamada por concílios, confirma pelo pontífice máximo sucessor de Pedro, Permaneceu Virgem, antes, durante e depois do parto, como o raio atravessa a vidraça sem quebrá-la Jesus saiu do seio da filha de Jessé que o anjo Gabriel louvou como bem - aventurada.

17. Esta realidade anda esquecida nos púlpitos, nas praças, nas casas e principalmente no coração dos homens, tão apegados à matéria fugaz que esquecem de levantar a cabeça um instante sequer para contemplar a estrela da manhã  e proclamar: ...oh! clemente, oh! piedosa, oh! doce sempre Virgem Maria!

18. Ela tem muito o que nos ensinar e aconselhar. Ela cuidou da educação de um Deus humanado, esteve em companhia do casto José, viu o menino crescer em idade, sabedoria e amor, estev de pé firme na cruz, no cenáculo do Divino Espírito Santo, foi preservada por Deus atér da mancha do pecado original tendo em vista os méritos de seu filho Jesus Cristo.

19. Nos foi entregue para ser nossa Mãe na pessoa de São João Evangelista, o autor do livro do Apocalipse, depois Assunta aos céus levada pelos cortejo dos anjos, tendo à frente São Miguel Rafael e Gabriel. E numa apoteose sem fim aclamada Rainha dos Céus e da Terra, soberana de paz e bondade até a Última Lágrima do Último homem na face da terra, quando se anunciará pelas trombetas arcanas o juízo final e a consumação de tudo.

20. Até lá estará solícita cuidando de seus filhos, fortalecendo-os no amor, unindo-os na caridade,auxiliando-os na travessia e fazendo deste mundo uma ante câmara do paraiso. A flor que nasceu do ramo de Jesé é sagrada, perene e exala um perfume com fragãncias eternas e quer arrebar seu coração para a felicidade total.

21. A tecnologia cuida de seu campo e alarga os horizontes trazendo, corretamente direcionada, bem estar, agilidade de comunicação, notícias em tempo real e ferramentas múltiplas que revolucionaram as relações sociais a nível mundial.

22. A amplitude do espiritual está a cargo da medianeira universal de todas as graças, mesmo não sabendo o homem sua vida transcendental passa necessariamente pelo seu beneplácito, o que é natural por tratar-se da economa divina e mãe de Jesus Cristo.

23. Outras serras, outros mundos existem para além desta vida passageira que nos cerca, e nos prega peça à bessa e sintonizar no canal divino é a máxima perfeita do bom senso e amor próprio. Aquentar a cama celeste é algo que precisa caminhar lado a lado com nosso esqueleto, que animado pela sua alma, aí ningúem segura seus võos de anseios sonhados.

Helder Tadeu Chaia Alvim


Postar um comentário