terça-feira, 27 de dezembro de 2011

O Grande Sim!

1. Milagres existem e acontecem à revelia da vontade dos céticos, das leis físicas, biológicas, contrária às deduções da lógica e as razões da geometria. Os milagres acompanham a trajetória humana  e aparecem qual solstícios de inverno ou equinócio de primavera e desafiam a ciência. É um aparente desafio pois o autor da vida pode interferir segundo seus desígnios de sabedoria como e quando lhe aprouver.

> O próprio filho de Deus não se escondeu sob aparência humana e quiz no Tabor da transfiguração revelar seu esplendor? Ele hoje se encontra escondido sob as espécies eucarísticas, outro fenômeno e milagre que funde a cuca dos desavisados da fé e entusiama os adoradores do verbo encarnado. Matéria e espírito não carregam em si antagonismos, um depende do outro, um poderá salvar o outro e vice versa levá-lo á condenação.

2. Ah! o ser chamado homem, quanta inteligência e asneiras juntas, quanta competência e demência andam de mãos dadas, quando ele se aproxima de Deus parece refletir suas  perfeições, quando se afasta  amontoa  sobre si brasas de loucura e falta de razão, mata, devasta, polui, trai, mente, tudo no mesmo dia.

3. Quem diria, tão esperto nas evoluções materiais, tão plugado na chave de seu carro, na maneira de impressionar a moçada, tão desajeitado em rezar o Pai - Nosso, tão alheio as necessidades do espírito, tão voraz no consumo, tão atrás do cãozinho na fidelidade ao semelhante.

4. E passa natal e vem natal, ele se comporta como papai noel de vitrine oferecendo por oferecer os presentes, depois vem o carnaval, ele entra no ritmo midiático, pula para o feriado da semana santa e assim por diante automatizando a alma  sem ações que almejem  a realidade depois da morte.

5. Mãe é mãe e sempre espera a volta do filho, acredita até a última lágrima em sua restauração, acredita que ele pode voltar a ser aquela criança inocente novamente.  daí as razões pelas quais Lourdes, La  Salette, Fátima, Genazzano, Guadalupe, Las Lajas e outras trocentas aparições mariais ao longo da história são uma demonstração clara e irrefutável da existência de um ser supremo, pleno de bondade, que conhece nossa psicologia, que criou e sustenta este universo de contrastes e parece deixar a cargo e deixa de fato o nosso destino nas mãos da mais doce , pura e misericordiosa criatura: Maria.

6. Se não fora assim, este mundão já teria ido literalmente para o espaço, dado o livre arbítrio, a ingerência dos anjos decaídos e o descontrole das fôrças embravecidas da natureza e do sideral ambiente.Infere-se daí que nossa época, mais do que nenhuma outra tem necessidade deste elo sobrenatural, desta ponte entre nós e o divino.

7. Uma era atípica a que nos encontramos, a natureza dando sinais de exaustão, a violência contra a infância e juventude um fato triste, o desamparo dos idosos, condenando-os à solidão sem forma de expressão, as drogas levando a eito a esperança do mundo, prostituindo e açabarcando valores de família e patria. A política mal estruturada e muitos na usura apurada.

8. - Que quadro medonho, poeta da febre alta, tome uma aspirina que tudo volta a idéia certa.( Antes fõsse meu caro, antes fõsse, o remédio eu recomendo, só que a temperatura vai esquentar em outras esferas, pois a queda de braço entre o bem  e o mal ainda está por vir. Vivemos ou vegetamos envolvidos pelo descontrole da paz, as grandes potências perigando em crises sistêmicas que podem virar um endemia financeira colossal, arrastando o planeta para um retrocesso irreparável.

9. E a mais linda das democracias ( a da América)  poderá sofrer um forte baque levando consigo para o beleléu a economia mundial. Duvida? Eu Não. Não se assuste é apenas a opinião mínima deste poeta que muitos dizem invencionar rimas a não mais poder, que vive caotizando o panorama de uma maneira drástica.

10. Vamos lá aguardar e tocer até não mais poder para que o leme da liberdade estabeleça o rumo certo, pois Deus não criou o mundo, o homem e tudo o que nele contém para esta eterna situação de decadência atual: desacelerando para crescer, o mais apropriado seria rezando para salvar a alma e trabalhando para sustentar o planeta de modo que todos se beneficiem das riquezas, potências e benemerências divinas no que tange ao crescimento responsável, ao acesso democratico aos bens de consumo à informação, saúde, trabalho, segurança, educação, transporte, lazer e reserva de aposentadoria.

11.  Estaríamos a esta altura do campeonato mais crescidos, mais evoluidos, menos problemáticos, mais solidários, menos egoistas . Afinal todo mundo vive, tem anseios, projetos  líricos ou não, mas a fugacidade nos espreita e mais cedo ou mais tarde, ricos ou pobres, poetas ou doutores partiremos em demanda de outras  monções.

12. Esta visitação Marial de Deus, enunciada no topo desta postagem, é proposital, se olharmos o planeta em que habitamos, se observarmos sua evolução, a simetria perfeita entre os astros e planetas, concluimos que tem um ser onipotente e mantenedor da ordem geral e particular, inter planetária e presente mas coisas mais miudas, escondidas no fundo dos oceanos, perdidas nas florestas virgens, nas fibras, veias, musculos e cartilagens do ser humano.

13. Presente nas abelhas que idealizou com antenas sensíveis , na sua laboriosa perfomance que cultua o mel silvestre, as formigas e sua responsabilidade social de refrigerar a terra, a fauna diversa das savanas e matas tropicais tudo é uma escada que nos conduz ao ser perfeto e supremos, criador e soberano senhor da vida e da morte, dos destinos dos povos e nações.

>> Então a era dos nióbios quânticos seria nomeada a grande era das  certezas empíricas.

14 - Texto longo! - Também acho! Este ser que "poucos conhecem, mas cuja glória a natureza canta" chama-se Deus criador das coisas visíveis e invisíveis e cujo reino não terá fim, afirma o símbolo de Nicéia peremptoriamente. Bom  Ele de vez em quando quebra as regras estabelecidas e demonstra seu poder incomensurável , um poder que sem nos achatar nos eleva até ele, apesar da nossa percepção finita não compreender exatamente.

15. Aí entra a virtude da fé, infundida no batismo e que se desenvolvida adequadamente nos alçará a compreensão bem próxima dos anjos e santos e se observados os preceitos do amor de Cristo poderemos usufruir do conhecimento, gozo da visão beatífica. Que tal a proposta? Vai encarar ou ficar plantado na estação terrena. Os lourosda ovação poderão vir ou não!

16. Amigo que considero, já pode perceber que se faz tarde , muito tarde no horizonte da humanidade, a noite está prestes a chegar anunciando uma borrasca tremenda. E a proteção virá da fé, daquela que não tem mister de ouro e prata, elementos dignos, mas que não vem ao caso para o negócio mais importante da vida, a salvaçã eterna. É tudo ou nada! E ninguém escapa de seu determinismo sábio e imprevisto, que não requer visto ou passaporte apenas uma posição firme e unida àquele que os mares e ventos obedecem.

17. Na verdade o cordeiro misterioso ao nascer espantou as trevas e foi anunciado pela estrela maravilhosa, pelo canto melodioso dos anjos, pela simplicidade dos pastores, o calor do boi e o burro, pela vigilância dos cães de guarda, pelo tropel dos reis magos e sobretudo pelos olhares ternos de José e Maria.

18. Então, meu amigo esta sintonia do sentir humano com o seu Deus é que definirá nosso destino pós mortem  e o objeto do termo da caminhada terrena: será tocar no princípio de todas as bondades, a Santíssima Trindade, o Pai, o Filho, o Espírito Santo Paráclito.

19. Houve uma criatura que entendeu bem esta equação  e quando foi escolhida para ser Mãe do Filho de Deus, mudou para si e para todo o genero humano  o curso da história , iniciada por Eva. Aquele sim ao anjo Gabriel salvou a humanidade  e  a Virgem prontamente cantou seu poema por inteiro: Magnificat, anima mea dominum... E exultavit espiritu meo in Deo salutari meo...

20. Meus caros internautas - o ano está tocando seu fim qual o canto derradeiro do cisne solitário e o outro novo se aproxima para a troca de guarda. Vamos agradecer ao velho suas inspirações e admoestações e augurar ao novo firmeza de intenções e realizações consoantes com o mundo bom.
Abraços de união
Helder Tadeu Chaia Alvim

Postar um comentário