segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Quaerite primum...

1. Procurai, será uma busca incessante na sua jornada terrestre, quando os sinais de fadiga molharem seu rosto de suor, lembre-se que o objeto é valioso, o fim tornará seus dias revestidos de doçura para sempre, quando os percalços do caminho atravancarem sua existência, arme-se de coragem indômita, reúna suas derradeiras energias e focalize a promessa: "Procurai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e o resto lhe será dado por acréscimo." A saúde, a vida longa, a riqueza, o bem estar serão acréscimos, tão somente um prazo mais esticado para se preparar melhor, o fim há de chegar para cada um de nós, daí a preparação, daí a busca incessante pela verdade que as traças e os ladrões não sói abocanhar para si e seus intentos perversos.

2. Assim aconteceu na primeira era do cristianismo e Taylor Caldwell descreve o momento como o jovem Lucas, depois um dos evangelistas, médico, santo, uma das estrelas de brilho diáfano da primeira e grande era cristã, como ele antevia os novos rumos de uma sociedade decadente, "...uma inquietação e um pressentimento feriam o ar, ... a voz do rio, demasiado próxima, conversava alta e agitadamente com o céu ...o perfume de jasmins parecia-se ao odor dos lírios brancos das margens do Lete, dominando e anestesiando os sentidos." ( ver Médico de Homens e Almas - Taylor Caldwell, Editora  Record 2002 , pág. 144 e 147).

3. A salvação da alma, foi o objeto da Redenção Salvífica de Cristo. O céu havia se fechado para os homens, só um Deus humanado poderia oferecer e reparação devida, resgatar a grande dívida do pecado original e povoar o lugar dos anjos decaídos. Daí a razão precisa do sacrifício do Gólgota, o resto serão especulações infundadas e conjeturas sem base na verdade cruenta, envolvida de mistério e dor.

4.  A proposta desta postagem é afirmar que cada ser humano tem a medida certa para alcançar após sua morte a glória eterna, se fará o esfôrço necessário da ascese, são outros quinhentos que não posso detalhar o âmago do livre e solto arbítrio. A notícia para cada um vem na hora derradeira do juízo particular, cabível somente a Deus e  ao seu tribunal de justiça e misericórdia.

5.  Palavras estranhas, numa ensolarada e fria tarde de primavera, início da semana, com o brasileirão nas portas das semi-finais e o poeta endoidecendo de vez!  Essa não! poderá exclamar algum amigo desavisado dos intentos destas rimas mínimas. Vou entender e aguardar os rumores tranquilos da graça divina soprar em sua alma uma dádiva singular e a realidade  tornar-se clara e compatível com sua alma imortal.

6. Se a uns é facultado a fortuna, a aptidão comercial, a situação confortável na sociedade, a outros o caminho das pedras, todos com o talento necessário para alcançar seus fins espirituais com certa folga e gosto pensado. O problema que a vida atual erigiu suas bases em terreno duvidoso, no desequilíbrio psicológico, no hedonismo  desvairado e a grana fala mais alto que mil rezas do canto coral.


7. Se tudo puxa para baixo pactuando com o relativismo, quase ninguém vai se lembrar do seu fim último, que pode colher cada um de nós, de calças curtas e aí que serão elas. O perigo dentre a tantas formas de religião é atrelar seu sucesso financeiro ao querer divino e pagar para isso acontecer. Não fora Cristo que expulsara os vendilhões do Templo de Jerusalém? Opa, o assunto está começando a ficar atual e já vimos o filme rodar trocentas vezes e segue este caminho quem quer, não é mesmo? 


8. Quaerite primum -procurai primeiro o reino de Deus e sua justiça é uma forma de demonstrar sabedoria e não ficar esperando de Deus milagres financeiros , esta não é sua proposta de eternidade conforme o ensinamento evangelho claro e insofismável. Se ele nos tempos bíblicos do antigo testamento tinha uma atitude foi por causa da dureza de  coração  do povo escolhido. Hoje o toma lá, dá cá não vale, e a máxima é cristalina: " De que adianta o homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder sua alma."


Helder Tadeu Chaia Alvim

Postar um comentário