quarta-feira, 22 de junho de 2011

This is just to confirm

1. Quero apenas confirmar... que a monção do mundo bom virá exorcisando fantasmas e aberrações, delineando os contornos claros de uma era benfazeja. O olhar de Deus para a humanidade continua de bondade, respeitando seu livre arbítrio, encorajando os fracos, confundindo a soberba e a deslealdade, por mais que ofuscada esteja a realidade moderna, distante à leguas da atmosfera benéfica das certezas eternas, no entanto a incorruptilidade do ser divino impera e rege os destinos  deste planeta que chamamos terra, que habitamos, que gememos sobre o peso de ferro que a todos agrilhoa.

2.  Na minha percepção acanhada constato que sou acessado em várias partes dos continentes, que encontro nestes cliks amigos a razão de meu consolo, as ferrramentas que me proporcionam ir para a frente postando feito louco sem domingos, folgas e feriados, continuando lentamente, mas sempre adiante aonde o dever me chama.

3. Cada click me empurra na louçania das manhãs, no tédio do sol a pino, nas plácidas tardes das inversões climáticas. Cada click requer especial atenção, acontece que a idéia vem e me absorve por completo deixando após si a sensação indelével e estranha dos acontecimentos que sobrevirão na curva da estrada palmilhada.

4.No hemisfério sul raia o inverno - ora quente - de um solstício incerto na sua evolução, imagem da declinação exata de uma realidade que consome a nossa razão.Enxergamos tudo nublado e os vôos rasantes das aves de rapina a todo instante querendo arrancar o nosso fígado. Se tarda a intervenção, não falha nossa adesão às aguias, no momento cativas, prontas para decolar.

5.Meu amigo on line, a tinta escasseia no papel, a letargia tonteia estes versos, mesmo assim espero vê-lo outra vez, tê-lo como companheiro indispensável de jornada lírica em demanda de melhores horizontes sem miasmas e efeitos concomitantes.

6. A sua companhia na travessia que as brumas delineam iluminará por certo meus passos incertos, assoprará "a mecha que ainda fumega"  trará a sensação refrescante que caminhamos na mesma direção, que avançamos no mesmo compasso na sintonia da amizade,no terreno firme que encerra a essência sincera.

7. Obrigado amigo pela preza de sua leitua, pelo enfoque que tem dispensado a esta humilde partitura, prometo fazer um 'memento' na minha reza, intencionando boas coisas na lousa que guarda a sua intenção. Quero sempre poder contar consigo em futuras interações. Mesmo que imersos na noite nebulosa, longa, imprevista, que traz preocupações incertas, que se prolongarão indefinidas até ao raiar da primavera, no equinócio da revelação.

Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário