quinta-feira, 17 de março de 2011

Si quis venire...

1. As 3 horas da madrugada do, dia 15/03 - d. Geralda entregou sua alma a Deus na cidade de Miracema.Fora anteriormente confortada pelos santos sacramentos, ministrados pelo Pe. Olavo e Pe. Antonio Silveira, incansaveis na assistencia espiritual junto ao seu leito de dor. Depois vieram as exequias solenes, a missa de corpo presente na Capela Nsra. de Fatima, onde deu-se o velório com as presenças de Pe. Antonio Silveira -sacerdote que celebrou a missa e fez uma homilia comovente- Pe. Gervasio Gobatto e Pe. Antonio de Paula. Partiu com semblante sereno a matriarca dos Chaias rumo ao seu destino eterno,  adormeceu no Senhor o sono dos justos para aguardar a trombeta final da Ressurreição.

2. Escrevo estas linhas para agradecer de coraçao aberto e comovido a comunidade da Capela Nsra de Fatima.Falo por mim e por meus irmãos Jose Geraldo, Elaine, Mathildes, Helcia,Aparecida, Lourdes, Lizete e Marcos. A perda de nossa querida e bondosa mãe encheu nosso coração de tristeza e esta mesma tristeza encontrou nos corações destes amigos um ombro quente de cada cumprimento e a certeza de compartilhamento solidário em nossa imensa dor.Salientando com gratidão o cuidado e que em vida nossa mãe recebeu de Claudia Ribeiro, Lizete, Fatinha Ribeiro, Dr. Fabio Meneses, funcionários da Casa de Saúde São Sebastião, Rose, Elza, Cidinha, Vania, Joana, Madalena, Antonio, Paulo, Fabricio, Geraldo e todos da dedicada equipe da Casa de Saude São Sebastiao. 

3. Temos presente o aquiescimento pronto e alegre de d. Geralda aos planos de Deus a seu respeito que teve inicio em 1974, quando assumiu os destinos de nossas almas o jovem vigario Pe. Olavo Pires Trindade, recém nomeado para a paróquia de Santo Antonio de Miracema. Uma enchurrada de graças varreu para o bem nossa cidade e trouxe para o redil de Pedro d. Geralda Chaia Alvim ,sua familia e numerosas outras pessoas que até hoje conservam o facho sagrado das convicções religiosas e procuram passar aos seus filhos da era on line da alta definição.

4. Ela soube corresponder ao chamado da graça divina renovando as promessas do Santo Batismo na confissão e comunhão frequentes. Uma lufada de ar fresco soprou com força e resolução e ela comecou a escrever sua história de vida que culminou com sua morte aos 91 anos de idade, após uma sofrida e resignada doença que a vitimou.

5. Na humildade reconheco seu valor como mãe, conselheira e obsequiosa ao extremo a todos quanto privaram com ela momentos de orações, retiros, peregrinações, natais, semanas santas, mês de maio que iam forjando sua alma no amor a Jesus Eucaristico , na Devoção Mariana com menção especial da imagem peregrina de Fátima.

6. Conheceu e lutou pelos ideais católicos com todas as veras de sua alma, acima de tudo uma obsequiosa devoção ao sacerdocio, que na pessoa do Revmo Pe. Olavo sublimou sua existência para Cristo Crucificado.Admirou os santos, por diversas vezes cumprimentou o defensor da Fé Católica por excelência Dr. Plinio Correa de Oliveira e comoveu-se ao tomar conhecimento das virtudes de Dona Lucilia Ribeiro dos Santos. Proclamou no ocaso de sua existência a Fé dos Arautos do Evangelho, a fina Flor da Cristandade , a esperança do Papa para o Reino de Maria.Louvou o esforço e altas virtudes de Monsenhor Joao Clá - vindo a falecer com a tunica dos terciarios.

7. Sem me alongar em demasiado preciso mencionar que tudo isto tornou-se realidade em sua vida porque teve na sua conversão total e irrestrita para Deus a orientação firme de um sacerdote primoroso e santo: o Revmo Pe. Olavo. E com agradecimento que recordo aqui nesta missa de sétimo dia em sufrágio de sua alma: Meus irmãos em Cristo, foram 37 anos de frequência assidua aos sacramentos. Nossa mãe adquiriu nesta vivencia cristã uma alegria sem limites e um desapego ao mundo material admirável.O quis venire de Cristo foi um fato grandioso em sua vida, o abneget semetipsum uma realidade cotidiana,o tollat crucem tuam uma prática prazerosa e o sequatur me uma fixação eterna.

8. Pude colher seu três derradeiros suspiros e os seus três últimos sorrisos que gostaria de compartilhar com meus irmãos e com todos seus numerosos filhos  que ela soube tão bem cativar ao longo destes anos nesta cidade que  admiro e que esta sob a égide gloriosa de Santo Antonio dos Brotos.

9. O jovem Raphael Tostes Padilha Moreira Pinto proclamou suas qualidades na missa das exequias com amor  filial e eloquência bela ousando um pedido aos seus filhos. Não se preocupe amigo e irmão carissimo em Jesus e Maria, a resposta é afirmativa, pronta e franca. Vamos sim continuar presente nesta cidade...compartilhando suas alegrias e tristezas, suas conquistas e progressos espirituais,precisamos que nos ajude a manter viva a memoria de d.Geralda,seu espirito alegre e acolhedor. Em Miracema ela praticou o dom da Fé, perseverou na virtude e quis a providencia aqui neste solo de mil batalhas, entregasse sua alma ao Criador. Aqui ela aprendeu a acreditar com toda as veras de sua alma nas verdades eternas - que as traças e os ladrões nao abocanham para si, e hoje a Verdade Divina a envolveu com sua luz definitivamente.

10. Seu entusiamo dócil e enlevado pelo sacerdócio na pessoa do Revmo. Pe. Olavo sustentou sua jornada terrena, alegrou seus olhos, fortificou sua alma e norteou suas ações em prol de Jesus Crucificado, em honra da Virgem Santa. Outrossim cultivou a amizade, entronizou em sua vida a bondade e num amplexo amplo, mais que seus braços poderiam alcancar abraçou a todos e desejou ardentemente o mundo bom das certezas de Deus e do triunfo do Imaculado Coração de Maria e da derrota definitiva do mal e seus sequazes.

11. Dai a razão destas palavras, se enaltecemos sua vida e morte, entendemos que tudo isto se tornou palpavel graças as três fatores preponderantes: enlevo pelo sacerdocio, plena aceitação da vontade de Deus e devoção ardente a Virgem Mae Purissima Maria.Seus lábios foram acariciados pelas canções divinas, sua voz entoou seu canto de louvor ardente a Virgem Maria. Se hoje apregoamos suas virtudes, reconhecemos a presença do Pe. Olavo- guia espiritual de primeira linha- que dispos a preparar com zelo apostólico a alma de d. Geralda durante 37 longos anos para a eternidade. Assim quando chegou sua hora encetou sua ultima viagem com o coração leve e esperança firme: Senhor, eu acreditei, hoje vejo...Estou de hora em diante em vossa presença de amor, vos me ouvis e vou suplicar incessantemente por todos os meus filhos e netos... Salvai-os e conduzi-os a vós.

Louvado sejam Jesus Maria e Jose

Abracos cordiais,
Helder Tadeu Chaia Alvim


Postar um comentário