sábado, 5 de junho de 2010

O Corpo de Deus

1.Deus olhou para a Terra, obra perfeita de suas mãos e viu que o inimigo deu uma bagunçada geral em  tudo. Deturpou a mente dos homens, fez nascer nela a ambição, o egoísmo, o poder, as paixões descontroladas, fez surgir as guerras, a fome, em suma estabeleceu o caos por toda a parte. A fim de restaurar a ordem primeira tinha enviado os profetas para preparar o caminho da grande aliança. Eles profetizaram a alto e bom sobre  a vinda do Messias, o Príncipe da paz. '' Eis que uma Virgem conceberá e dará a Luz a um menino..." Deus fez as contas e no momento exato de sua onisciência enviou Jesus nas circunstâncias que todos nós conhecemos para por meio de seu sacrifício no calvário redimir, oferecer uma reparação a altura de sua divindade. Ele ama o mundo com tal intensidade que enviou o seu unigênito paráclito. E não vai me perguntar porque, são seus desígnios insondáveis e para o equilíbrio da Terra era necessário a Redenção.


2.Não estou na apologética, apenas exemplificando o que aprendi do catecismo e acho oportuno mencionar agora, nesta hora de esquecimento das verdades dogmáticas em prejuizo para a alma que suspira por explicações  que não sejam só materiais e efêmeras. Olhei pela janela a empáfia do poderoso, sai de casa outro dia para caminhar, resolvi olhar para trás e ele se fora na véspera vítima de um mal súbito, fiquei triste e me perguntei será que ele teve tempo de se reconciliar com o altíssimo ou foi se apresentar ao tribunal das contas de Deus de mãos vazias.Nem por todo o ouro do mundo queria estar no seu lugar.


3.Vivemos tempos difíceis, de desencontros, sonhos deixados de lado, acomodações políticas, crises para todo o lado até o templo de Deus anda enfumaçado por tantos desvarios de alguns pastores que perderam a noção, a fé, o temor de Deus, princípio da sabedoria, quando não se enchafurdam em questiunculas que seria da responsabilidade de outro galho.


4. Neste fundo de quadro adverso a festa de Corphus Cristhi comemorada na quinta - feira passada veio a calhar.Alguém me perguntou o porque desta festa, ele via nela mais um feriado, e a sexta enforcada na preguiça,ocasião para viajar ou simplismente com a grana curta ficar em casae aproveitar para assistir Robin Hood ou Avatar.


5.Os tempos estão mudados, da época da ciência, progresso para frente, reivindicações políticas,das constetações inócuas que deram em quase nada.Passamos para a busca do mistério, do grande desconhecido, das ficções espirituais, das advinhações exotéricas, das curas milagrosas, do sucesso  financeiro atraves da fé que o inimigo assopra nos ouvidos dos incautos e mais na frente tudo vai dar na mesmo caldeirão quente, se é que me entendem...


6. Gente o mistério existe e ele esta no meio da humanidade desde seus primordios no paraiso, e desde o sempre na mente  de Deus, não me estou julgando o árbitro da verdade, somente expondo meus princípios e contribuindo para o equilibrio do universo, na paz e cordialidade, dialógo e apresentação de pontos de vista.


7 .Agora querer entender a dinâmica dos dogmas ou verdades eternas ensinadas pelos teológos com base na sagrada escritura, na tradiçao dos padres da Igreja é o mesmo que tentar colocar toda a água do mar em nossa cabeça, dizia o genio da antiguidade clássica, Santo Agostinho de Cartago. Ele, filho de Santa Mônica pode falar com liberdade assombrosa, e o fez com categoria e tato ao escrever suas confissões.


8. Passemos aos fatos bíblicos daquela 1ª Quinta-Feira Santa, quando o Mestre Jesus depois de sua vida pública repleta de milagres, ensinamentos, jornadas apostólicas incansáveis de três laboriosos anos, reune seus apostólos no cenáculo, espécie de parlatório, certamente de propriedade de algum de seus discipulos e entre outras coisas belas disse: "Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado... Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração... Naquela manhã única, os apostolos, Nsra, as  santas mulheres fitaram aquele rosto suave, de uma beleza sobrenatural e perceberam que era um adeus, A hora da expiação dos pecados do mundo chegara com o roçar forte do vento impetuoso que soprara lá fora naquela manhã de sol esplendoroso, a natureza fazia eco misterioso do grande e trágico acontecimento que estava prestes a eclodir.

9. Paralelamente na parte alta da cidade de Jerusalém outra reunião tinha sido convocada às pressas no sinedrio. Os sumos sacerdotes madrugaram para deliberações urgentes. Há muito urdiram a condenação do Justo e a páscoa se aproximava era o momento do tudo ou nada, pensaram eles.Revestidos de suas vestes de praxe e do poder a eles confiado pelo povo, lançaram o veredicto fatal: "Um homem deve morrer..." Pensamento tolo,a história vai revelar posteriormente a insanidade deste ato deicida, será que  não sabiam que o reino do Nazareno não era deste mundo, se fôsse legiões de anjos viriam em seu socorro, já tinha dito Jesus.Miguel Arcanjo estava de prontidão, aquele mesmo que liderou a primeira batalha do bem contra Lucifer...Bom , os dirigentes sabiam dos milagres de Jesus pois diariamente eram informados meticulosamente de seus passos pelos espias de plantão, isto não é novidade para ninguém. Só que as pregações do Mestre tomara projeções espantosas, curava cegos,  paralíticos, leprosos e mais recentemente ressuscitara Lázaro, seu amigo e que pertencia a uma família bem situada, dono de haveres e de posição social."Vinde a mim todos que estão sobrecarregados e eu vos aliviarei."


 10.E o desenrolar já sabemos o que aconteceu... Tudo foi comnsumado...A cruz de escarnio passou a simbolo e perdura até hoje. o olhar, a presença real de Jesus na Eucaristia. A partir de quinta feira santa cada vez que uma missa é celebrada em qualquer parte do mundo se renova o sacrificio da cruz de uma forme incruenta. Jesus partiu o pão deu aos seus discipulos dizendo: Isto é o meu  corpo, o cálice com vinho, este é meu sangue. Deu-se a transusbstanciação. Seus inimigos quiseram bani-lo da terra e ele ficou escondido nas espécies eucaristicas. Não é fabuloso os planos de Deus. Hoje volta á pauta os mistérios e segredos do mundo espiritual, no entanto ele já existe de fato há mais de dois mil anos. Pilatos só é lembrado no credo, Anás e Caifas não temos mais notícias, Cristo está vivo na hóstia consagrada. Daí a merecida homenagem do dia santo de Corphus Cristhi. Foi santa Juliana Corvilhão que teve uma visão de Jesus solicitando a implantação desta data. E de lá para cá tem acontecido a tradição de confeccionar tapetes para sua procisão.

Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário