sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Átomos Embravecidos

Ouvi de Frederico Alvim idealizador de fato, coisas assim: as peripécias nulas de inércias, do fenômeno em Atafona-RJ, forças gerando o conflito da grandeza ou átomos embravecidos,um embate grandioso da natureza, que consome a criação do homem generoso, afirma Ele, estudioso do assunto.

Lento, inevitável o insondável mistério, transfigura-se em apocalipse, "visse" no compasso de milímetros, em milésimos centímetros, desmorona o concreto, sepulta os objetos, retrocede o humano,construindo o cenário da destruição, aguçando a imaginação dos defensores desta gesta.

O anuncio já foi feito, o vento norte tornou-se mensageiro autarquista da morte, o braço amado da terra, limítrofe de dois fabulosos guerreiros, a queda de braço é centenária, mas minha gente Atafonense, sejam fortes, a lição está por fazer a decisão depende de vocês e um dia as gerações futuras e o meio ambiente vão agradecer! ( outros poemas, verso 89)

Helder Tadeu Chaia Alvim
Postar um comentário