terça-feira, 30 de junho de 2009

Ferramentas para a Paz Mundial

1.Web 2.0>My Space>Facebook>Orkut>Twitter, realmente invadiram a direção on line e viraram tendência global. Nunca a comunicação esteve tão próxima do indivíduo, nunca os setores da atividade dependeram tanto da velocidade dos megabits. Muitos de minha geração ainda não sabem lidar bem com esta nova ferramenta, se adequam male e male com laivos de saudosismo inconfessado. Mas para não sossobrar vão se amoldando, né! Fazer o que?

2.A poesia depende deste fazer virtual, a bem da verdade vê aparecer os resultados de tal plugação.O blog da Google é um exemplo clássico de como é possível comunicar-se livremente e expor pensamentos latentes. No meu caso já postei em torno de 120 poemas e quase que diariamente me detenho a editar algum escrito. Lá do outro lado do mundo existe a possibilidade em tempo real de alguém ler os meus versos sentidos e vice-versa.

3. Não é fabuloso, no entanto a responsabilidade que traz consigo é enorme. Expor idéias, concatenar fatos se tornou um hobby mundial. Até Presidente aderiu à nova moda,sem mecionar altas personalidades do mundo jornalistico, empresarial, etc... Acho que a internet iniciou uma nova era mais democratica propiciando a todos indistintamente o acesso a informação, cultura, conhecimento. O movimento é irreversível, exemplo disso quando o sistema esta fora do ar é um deus nos acuda, cruzamos os braços até o bendito voltar...

4. Esperamos neste avanço tecnológico que o mundo se torne mais humano, que o sol nasça para todos e cada vez mais possamos acessar textos idôneos, idéias inovadoras para cultuar a paz sem fronteiras, informações suscetíveis de raiz, sobretudo soluções para os grandes males da sociedade atual.

5. Mais na frente surgirão outros links que possibilitarão um entrelaçamento da bondade,ajuizada no bom senso e fraternidade universal onde o coração do mundo baterá ressoando alto a harmonia e a concordia entre todos os povos. Assim deve caminhar a humanidade até chegar a era dos nióbios quânticos... Até breve, amigo leitor que me prestigia com o seu ombro amigo!!! E, preparemo-nos para mais avanços nesta área, mais transmissão de dados, mais velocidades que pairam no ar. Haja MHz, pois o tráfego de informações é de enlouquecer, quer saber...

Helder Chaia Alvim
Postar um comentário