quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O Guardião da humanidade em a noite nebulosa

1. O amigo Libanio Nunes Lopes comentava outro dia entre uma conversa e outra uma verdade que: Um pai cria dez filhos e dez filhos não cuidam de um pai. Podemos conjecturar toda a grandeza destas palavras, as atenções, cuidados, providências materiais e um número incalculável de preocupações que povoam a vida de um pai, ciente de sua alta missão, até ver seu rebento educado, formado e bem encaminhado.

2. Sendo este assunto por demais sabido, não pretendo desenrolar o novelo, nem tão pouco enaltecer tais desvelos, pois para tanto creio que um diminuto artigo poético não conseguiria abordar com precisão, dado a montanha inesgotável e tamanha heroicidade dos pais e o que eles representam para os seus filhos e para a sociedade.

3. Pulo para outra parte, tendo em vista a frase do Libanio:Um pai cria dez filhos...Lembram-se? Isto posto lembramos que o planeta Terra tem desempenhado o mesmo papel para seus filhos.Desde que o mundo é mundo quantos e quantos viu nascer, crescer, quantas conquistas presenciou, quantas decepções abarcou. Tem proporcionado a eles a condição favorável, o clima,tirado de suas entranhas, os minerais, as pedras preciosas, as plantas medicinais, os mananciais, as torrentes caudalosas dos rios, a quatro estações, o equilibrio do eco-sistema, as frutas, as flôres, as aguas cristalinas de suas fontes, os animais.

4. Um só planeta Terra, diminuto na via láctea, grande em suas proporções continentais.Amanhece, anoitece, os séculos passam e Ele, dotado por Deus de inesgotável energia a cada dia se revela o guardião da humanidade. Pergunto se não é chegada a hora de cuidarmos melhor dele, ampará-lo nas suas feridas, sentir com ele suas dores sentidas. O homem atualmente dispõe de alta tecnologia, mede os ventos, prevê as chuvas, os maremotos, o olho artificial do satélite vigia sem cessar o orbe, nas pesquisas os avanços são notórios, nos laboratórios os elementos são manuseados com conhecimento e competência, as substâncias elaboradas em ciência.

5. O Planeta em que habitamos está doente, requer sustança, precisa urgente de um plano de emergência para salvá-lo, um antídoto poderoso, um anti-virus para suas veias lânguidas e extenuadas. Isto requer a cooperação imediata de todos os seus filhos, sem exceção. Ainda dá tempo de estancar seu sangue, diagnosticar o mal que o consome, restabelecer sua respiração oscilante.

6. Pensemos bem, vamos juntos amadurecer o pensamento, analisar seu grande tormento e aliviar seu sofrimento. Como? É simples deixe aflorar a voz de seu coração, o amor filial, a gratidão pelo ar que faz respirar seu pulmão. Se... pensarmos bem o que acontecer com ela nos atingirá de cheio. Mas acho que o amor de seus filhos despreendidos falará mais alto pois eles sabem, que sua condição de vida e existência e das gerações vindouras estão agora em suas mãos.

7. Estamos na curva da História e uma manobra errada de um milésimo comprometerá toda a prova grandiosa que é a vida humana no Planeta Terra. Quem vai se arriscar?! Sei que um Pai tão especial, que tem criado sei lá quatrilhões de filhos, não merecerá este esforço salutar? Ele tem ainda um descortínio amplo pela frente, vai atravessar muitas cachoeiras, isto se fizermos o que é certo, ajustarmos os ponteiros, verificarmos o câmbio e os freios. Não há necessidade de maiores explicações e só explicitarmos em atos salutares nossas teses e os fatos posteriores comprovarão.

8. Após esta noite nebulosa que Ele atravessa e pode durar muito tempo,amanhecerá com certeza um dia claro e Ele acordará remoçado e dirá: - Meus filhos, muito obrigado! Que o dito inteligente de Libânio, o popular Fernando, encontre eco em sentido contrário...Esclareça esta página , ilumine os passos, estabeleça normas claras. Fico por aqui, leitor amável, amanhã nos encontraremos no 1º turno, arregaçando as mangas, cuidando do nosso recado,hein!

Helder Chaia Alvim
Postar um comentário