sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

C.I // SP Para Flavia Sartorato Pedrotti

Versos sinceros de um poeta cantador,captando dores, imaginando valores,arquitetando passos cadenciados,olhares submersos da grande metrópole,movimentada, extasiada, fragmentada.

Vemos sonhos alcançados,decepções encontradas,destinos elaborados

No curto espaço de um dia,vidas que se iniciam nas repartições,outras se confinam nas prisões os barzinhos locupletos de algazarra,mais adiante outros se recolhem silenciosos,ausentes de fanfarra, como se fossem sinos mudos refletindo o badalar da última caminhada.

Quatrocentona, a cidade se expandiu e tornou-se referência na medicina, gastronomia, arquitetura sem falar dos premios de literatura.O cenário mudou, os papéis se inverteram, os bastidores conscientes de Celso Martinez idealizaram teses, explanaram técnicas incontestes.

Do páteo do colégio passando pelos bondinhos até a avenida paulista atual,quanta transformação. E ela tem fôlego, continua liderando opiniões,ditando razões, sufragando tradições, esbanjando charme, acolhendo grave...coração de mãe, é um detalhe auspicioso seu, a São Paulo das oportunidades.

Sinto-me feliz ao escrever hoje neste Blog da Google. Olhando para trás vejo que ela me acolheu,estou para sempre agregado a esta cidade nação.Mãe, me traz inspiração, aqui posso calmamente escrever, sonhar, chorar, alegrar e realizar na escrita o sentido da vida.

O sucesso, as dores, os percalços de mais de 28 milhõesde pessoas que aqui vivem, sem falar de outros povos, são sua relíquia, sua conquista.À São Paulo altaneira que desde Nóbrega e Anchieta acolhe os poetas do povo, MINHA GRATIDÃO, Oh! Mãe de todas as eras! Fenix renasce todos os dias com jeito carinhoso, brava,indômita, está de pé, não adormece, merece esta prece acanhada, perpassada de emoção,
viver nestas plagas de Piratininga muito me anima.

Amiga e Arquiteta Flávia Sartorato Pedrotti, viva em São Paulo se quer conhecer o mundo, a grande escola está aberta para todos, arme-se de paciência, tino e persistência, garanto que sairá diplomada, tarimbada, PHD em convivência social, pós graduada em ambiente multi-racial.Em suma esta cidade estonteante é demais! Aliás consoante com sua vocação histórica, afirmou-se misto de grandeza e singeleza - e tudo indica - continuará, temática, impulsionando exata do alto dos seus 455 anos novos rumos à sua gente amada.

Helder Chaia Alvim.
Postar um comentário