segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Amplexos

amplexos

Dia doze amanhece nublado, sem chuva, ar parado, temperatura controlada, feriado nacional. Os romeiros em Aparecida, rendendo homenagens à Sagrada Ícone, bendita do Brasil Patrona, isto me emociona, coração do mundo bate mais fundo, acumula bençãos, estende seus braços em amplexos variados.

Mãe farol que nos guia no mar agitado da vida, que olha e peregrina em meus anseios, dúvidas e crenças de menino. Último outubro do século incrédulo, cego, cético que incerto caminha, desalinha e trôpego se avizinha de uma outra era que espero seja de harmonia, acertos e sôfrega de sintonia.Sem mais, Mãe, Virgem Maria a sua benção a este filho que escreve estas humildes linhas.

Na hora presente eivada de tantas e tamanhas aleivosias, no mundo, na politica, na sociedade, no ser chamado homem. Crises se avolumam no horizonte, nuvens toldam a visão correta da realidade, nos lembramos de nossa infância saudável no colo de nossa mãe e repetimos: ' mãezinha do céu, eu não sei rezar só sei dizer que quero te amar!Azul é teu manto, branco é teu véu, mãezinha,  eu quero te ver lá no céu. Mãezinha do céu , mãe do puro amor, Jesus é teu eu também o sou!'

Então nos resta uma saída espetacular, que seria direcionar nosso coração Àquela que se tornou por direito e eleição a condutora dos destinos na Terra dos Homens, ecônoma divina, que detém o cordel da história, mediadora das graças e movedora universal do espirito de luz.

E sua intervenção se faz necessário, ainda mais quando se encontra o planeta sem direção, confuso e cheio de problemas e intolerâncias, ódios, guerras e tumultos agnósticos e tremendos.

Quando se faz tarde, muito tarde, e a rebordosa se aproxima com ânsia de noites insones, e maldades deliberadas contra a paz, a harmonia e o bem querer mundiais. se posicionam na soleira desprotegida da humana raça.

É, Mãe de Deus, mãe dos homens, mãe de todos nós, a quem iremos? Volvei seu olhar de misericórdia e salvai-nos para não perecermos na mão da serpente infernal. Enviai teus anjos arcanos, o Espirito Paráclito para a realização plena do mundo bom para todos!

Helder Chaia Alvim
Postar um comentário